ADOLESCENTE É EXECUTADO EM CODÓ COM CINCO TIROS

O adolescente é Aliaquim da Silva Andrade, 17 anos de idade, conhecido por vulgo “NAKUTA” o mesmo foi alvejado com 5 tiros na Rua Cristina Archer, no bairro Codó, por volta das 10h da manhã de hoje, segunda-feira (15).

20160215115015
VITIMA….(IMAGENS CEDIDAS PELO GRUPO CAFOFO)

Segundo informações dos moradores um grupo de jovens estavam trocando tiros entre si no meio da rua, os moradores temendo, entraram pras suas residências e trancaram suas portas, e quando passou o tiroteio restou apenas Nakuta caído no meio da rua com 5 disparos em seu corpo. Um amigo da Vitima o levou para UPA de Codó em uma moto, mais horas depois o adolescente veio a óbito.

Nakuta iria completar 18 anos mês que vem.

Um Comentário

  1. Olá Ramyria!

    Sou codoense e moro fora de Codó há muito tempo. Em busca de notícias sobre a minha cidade, me tornei leitor assíduo do seu blog. Parabéns pelo grande esforço que você faz para manter seus leitores informados.

    Utilizando o que aprendi nos bancos do Colégio Clodomir Milet e Luzenir Mata Roma, onde fui estudante, aproveito para fazer algumas observações sobre os seus textos.

    Embora reconhecendo que a pressa para a publicação da notícia, pode comprometer alguns aspectos importantes que todo comunicador deve observar, tais como: concisão, clareza e correção ortográfica, sinto a necessidade de fazer algumas considerações que podem contribuir para a melhoria da qualidade das suas publicações.

    Citando apenas as duas últimas notícias publicadas em seu blog observo erros primários que podem ser evitados com um pouco mais de atenção.

    Sobre a morte do adolescente Aliaquim, diz o texto:
    “O adolescente é Aliaquim da Silva Andrade, 17 anos de idade, conhecido por vulgo “NAKUTA””. A palavra vulgo, significa que a vitima é conhecida popularmente por Nakuta, portanto, o correto é escrever: …Aliaquim da Silva Andrade, 17 anos de idade, vulgo “NAKUTA”.

    Sobre a morte do músico Francisco de Assis Frazão, diz o texto:
    “O corpo da vítima já estava em grande estado de decomposição”. Não se deve fazer referência a estado de decomposição como grande ou pequeno, acho que ficaria melhor se fosse escrito da seguinte forma: O corpo da vítima já estava em avançado estado de decomposição.

    Ainda sobre a morte do músico Francisco de Assis Frazão, diz o texto:
    “A família sentindo falta dele foram até a sua residência. Neste caso, a palavra foram não concorda com a família que está no singular. Ficaria melhor desta forma: A família sentindo falta dele, foi até à sua residência.

    Por fim, ressalto que as minhas observações têm apenas a intenção de contribuir para a melhoria da qualidade dos textos publicados no blog, sem deixar de reconhecer a importância das informações que você traz aos seus leitores.

    Um grande abraço

    Joaquim Neto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO MIRANTE 870 AM


Ramyria Santiago

Publicidade

Publicidade

Visite-nos e compre no Paraíba!

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

FC OLIVEIRA

Visitas Online!
Arquivos