Amigo de piloto registrou noiva antes de entrar no helicóptero que caiu e matou quatro pessoas

whatsapp-image-2016-12-06-at-17-34-08n

Segundo informações do site Extra, um amigo do piloto Peterson Pinheiro fotografou a noiva Rosemere do Nascimento Silva, de 32 anos, antes de embarcar na aeronave que caiu e matou quatro pessoas, em São Lourenço da Serra, na Grande São Paulo, neste domingo.
Esta, provavelmente, foi última imagem dela e do piloto do helicóptero antes da tragédia.Peterson Diego, de 29 anos, contou que acompanhou seu amigo Peterson e mais três passageiros até a aeronave por volta das 15h30 deste domingo:

— Vi a noiva na sala de embarque e ela estava feliz e não parecia nervosa — contou o também piloto que estava de plantão neste domingo, mas não voou.
Segundo Peterson, que trabalha no mesmo hangar há um ano, o tempo estava bom no local da decolagem, mas ventava um pouco.

— Ficamos muito chocados com a tragédia. Éramos amigos e trabalhávamos juntos há um ano, e foi uma fatalidade. Ele estava acostumado a fazer esse tipo de trabalho — disse o jovem.

Acidente deixou quatro mortos
O acidente de helicóptero matou quatro pessoas a caminho de um casamento na tarde deste domingo em São Lourenço da Serra, na Grande São Paulo, entre eles a noiva Rosemere Silva, o irmão dela, Silvano Silva, a fotógrafa da cerimônia, Nayla Cristina Louzada e o piloto da aeronave, Peterson Pinheiro. Segundo amigos, o velório de Rosemere será no Cemitério Memorial Parque Paulista nesta segunda-feira às 16h.

whatsapp-image-2016-12-06-at-17-34-08
No Recanto do Beija-Flor, local onde aconteceria festa, cerca de 300 convidados aguardavam a chegada da noiva. Segundo o dono do espaço, Carlos Eduardo Baptista, Rosemere do Nascimento Silva chegaria de helicóptero à recepção como parte de uma grande surpresa para todos. O empresário, ao notar o atraso da chegada da aeronave, entrou em contato com a empresa responsável pelo voo, mas só teve a confirmação da tragédia por volta das 17h30.
— Avisei primeiro ao noivo, quando o Corpo de Bombeiros confirmou que não havia sobreviventes. Ele entrou em choque, não queria acreditar, até porque era surpresa para ele essa chegada com a aeronave — disse.
Apesar do tempo ruim, Baptista disse que se tranquilizou porque o piloto estava habituado com o percurso:

— É a terceira vez que o piloto fazia o trajeto até aqui, conhecia bem a área. Fiquei muito preocupado, porque o tempo estava ruim, mas soube que em Osasco, de onde o helicóptero veio, o tempo estava aberto — contou.
Baptista contou ainda que a família e os amigos ficaram sem reação num primeiro momento.
— Está todo mundo buscando forças para seguir em frente, nem sei descrever como ficaram quando souberam o que aconteceu. O noivo estava inconsolável, mas é uma pessoa abençoada e vai se recuperar. Foi um susto muito grande, porque era uma surpresa muito grande que ela havia preparado. Foi um sonho que ficou para trás, disse o empresário, comovido.

whatsapp-image-2016-12-06-at-17-34-08a

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO MIRANTE 870 AM


Ramyria Santiago

Publicidade

Publicidade

Visite-nos e compre no Paraíba!

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

FC OLIVEIRA

Publicidade
Visitas Online!
Arquivos