Blog da Ramyria Santiago -

Cleiton assume autoria da morte do empresário codoense e isenta Drácula da acusação de mais um homicídio

Presos-em-CodoA Polícia Civil, sob o comando do Delegado Regional, Alcides Nunes Martins, ouviu hoje de manhã, Cleiton da Silva Santos e Railson da Silva Bayma, o Drácula, acusados de praticarem assalto seguido de morte na tarde de quinta-feira (16) em uma Lan House, onde foi morto o empresário Marcos Sandro Ferreira dos Santos, 27 anos, na Avenida Vitorino Freire.

Em depoimento, Drácula que, até então, era tido pela Polícia como o autor do disparo que matou o empresário, na verdade foi inocentado pelo colega de crime. Cleiton assumiu a autoria do homicídio, afirmando ter disparado a arma, no entanto, declarou que o tiro foi acidental.

A dupla se entregou ontem, no fim da tarde na Delegacia. Os dois estavam escondidos na Comunidade Bacabal do Berilo, zona rural de Codó. O delegado informou que a Polícia j´tinha conhecimento do paradeiro de Drácula e Cleiton e já estava em diligência para prendê-los. O comandante da Polícia Militar, Ten. Cel. Jurandy de Sousa, em entrevista Rádio FCFM na manhã desta quarta-feira (22), disse que a PM recebeu 61 chamadas da população dando notícias de onde a dupla estava, isso, segundo o comandante, ajudou para que a Polícia os localizasse.

Alcides Martins disse em entrevista à imprensa de Codó nesta manhã que os acusados sentiram-se pressionados e como sabiam que a prisão de ambos seria questão de tempo, viram-se encurralados e resolveram se entregar antes que fossem capturados. Para os jornalistas, Drácula e Cleiton apresentaram-se como arrependidos pelo crime e reiteraram que não tiveram intenção de matar o empresário.

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*