Blog da Ramyria Santiago -

Meio Ambiente: Governo do Estado e Prefeitura de Codó esperam formar Comitê da Bacia do Itapecuru em dez meses

 

DSC_0615

Secretário de Estado do Meio Ambiente, Marcelo Coelho.

A Secretaria     Municipal de   meio          Ambiente de     Codó iniciou   suas    atividades    alusivas ao  Dia  Internacional  do Meio  Ambiente e à  sua semana.  A abertura    aconteceu na quinta-feira (11) no auditório da Escola Modelo Remy Archer e contou com a presença de autoridades municipais e estaduais. Na oportunidade estavam presentes o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Ferdinando Rocha, o Secretário Municipal de Agricultura, Cordeiro Oliveira, o vereador, Pastor Max, e o prefeito de Codó, Zito Rolim. O evento também contou com as presenças do Professor Ivo Gonçalves, Biólogo, Secretário Municipal do Meio Ambiente de Pedreiras e Presidente do Comitê de Bacias do Mearim, Dr. Viegas, Técnico da SEMA especialista em Recursos Hídricos, além do Secretário de Estado do Meio Ambiente, Marcelo Coelho.

No primeiro dia o Secretário Municipal de Meio Ambiente Ferdinando Rocha, realizou uma retrospectiva, mostrando um pouco do trabalho e das ações da secretaria, falando de suas dificuldades para a execução de alguns trabalhos, e solicitando o auxilio dos representantes do legislativo municipal e do próprio Governo do Estado. “Está sendo muito proveitoso Iniciar a Semana de Meio Ambiente mostrando o quanto é importante a questão ambiental, mostrando e explicando para os estudantes as atividades realizadas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e tratar sobre os principais assuntos relativos ao tema para a cidade de Codó”.

Comitê da Bacia do Itapecuru

O assunto principal do evento foi a formação do Comitê de Bacia do Baixo Itapecuru. O Estado do Maranhão possui formalizado dois comitês de bacias: do Minim e Mearim. Na oportunidade as secretarias estadual e municipal esperam formar o Comissão Pró Comitê da Bacia do Itapecuru. “Entramos nessa discussão com o estado para retomar o que já fora iniciado no passado, que é a formação de comitê de bacia do Itapecuru, principal recurso hídrico do município de Codó”, explicou Ferdinando.

DSC_0621

Alunos da Escola Modelo Remy Archer

De acordo com o Secretário Municipal de Meio Ambiente, Marcelo Coelho, o Estado espera que o Comitê da Bacia do Itapecuru seja formado em, no máximo, dez meses. “O Rio Itapecuru é um dos principais rios do Estado, com 1500 km de extensão, cortando mais de 70 municípios, e abastece a maior parte da população da capital, São Luís. Portanto, precisamos priorizar a formação da Comissão Pró Comitê da Bacia do Itapecuru, comissão responsável por conseguir os recursos junto ao governo do Estado para executar os planos de recuperação. o Comitê irá envolver todos os municípios do Baixo Itapecuru”, disse o secretário.

Marcelo Coelho ainda informou que, a partir do ano que vem, o município receberá cerca de cinco milhões de Reais em recursos para serem aplicados na recuperação do Itapecuru. “No próximo ano teremos recursos do Fundo de Recursos Hídricos para ser aplicado em projetos de recuperação do Itapecuru. É o comitê que faz os debates e os levantamento para a aplicação desses recursos, por isso a necessidade de sua formação o mais breve possível”.

Para o Prefeito de Codó, Zito Rolim, a abertura da Semana de Meio Ambiente em Codó foi bastante produtiva e marca o primeiro passo para um período de recuperação da principal fonte de água e vida do município de Codó. “É necessário darmos toda a atenção ás questões

ambientais e trata-las como prioridade. A preservação de nosso ecossistema e nossos recursos hídricos estão, não só diretamente ligados a nossa saúde, bem estar e qualidade de vida, mas também a nossa sobrevivência. O Rio Itapecuru é a base da vida de nosso município. E quero dizer aos Secretários Ferdinando e Marcelo Coelho que estaremos juntos na luta pela formação do comitê, bem como na execução do o Plano Estadual de Educação Ambiental, que perpassa também pela educação de nossas crianças e jovens. Uma das propostas do plano é inserir o estudo da ecologia na grade curricular, o que será fundamental para que nosso próximas gerações entendam com mais sensibilidade as questão ambientais e a necessidade do equilíbrio e harmonia entre o homem e a natureza”.

Asscom – Prefeitura Municipal de Codó

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*