Blog da Ramyria Santiago -

Município de Codó será o primeiro a receber o projeto Caravana São João da Ilha

sj

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, dá início no próximo dia 3, quarta-feira, ao projeto ‘Caravana São João da Ilha’. As cidades de Codó e Caxias, no Maranhão, e Teresina e Parnaíba, no Piauí, receberão o grupo composto por aproximadamente 30 pessoas.

A prefeitura Municipal de Codó convida toda a população para participar no próximo dia 3, quarta-feira. A Caravana da Ilha começa a partir das 18h, na Praça Maria da Conceição dos Santos, no Instituto Histórico Geográfico de Codó, antiga estação.

Técnicos da Setur, pessoas do Trade Turístico, jornalistas e um grupo folclórico embarcam cedinho em um ônibus rumo a primeira parada do roteiro, que será em Codó. De lá, todos seguem pra Caxias e em seguida Teresina. A última parada será em Parnaíba, de onde o grupo retorna no dia 7 de junho.

Além das apresentações de bumba-meu-boi, haverá também tambor de crioula, cacuriá, dança do coco, quadrilha e dança portuguesa durante 2 horas de apresentação.

Na ocasião, haverá também divulgação de material promocional.

‘A Caravana é uma ótima oportunidade pra compartilhar e mostrar a riqueza e a alegria das festas juninas que acontecem em São Luís. Nossa ideia é apresentar esse patrimônio pros moradores desses lugares e trazê-los aqui neste período, aumentando o turismo em nossa capital’, disse Guilherme Marques, secretário adjunto da Setur.

A Caravana é um Projeto realizado em parceria com o Governo do Estado do Maranhão, ABAV (Associação Brasileira de Agências de Viagens), ABIH (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis), SEHAMA (Sindicato Empresarial de Hospedagem e Alimentação do Maranhão) e o SEBRAE.

A religiosidade do povo do Maranhão transforma o mês de junho em uma grande festa. As homenagens a Santo Antônio, São João, São Pedro e São Marçal fazem dos festejos juninos, em São Luís, uma das festas populares mais bonitas de todo o paísl!

O Bumba-meu-boi é uma dança do folclore popular brasileiro que gira em torno de uma lenda sobre a morte e ressurreição de um boi. Típico do Maranhão, ele é registrado como Patrimônio Cultural do Brasil pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, o Iphan.

Secom

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*