Blog da Ramyria Santiago -

Começa campanha de doação de sangue que vai até novembro em Codó

A Campanha de doação de sangue no hemonúcleo de Codó começou ontem, 1º de julho,  com o Exército (Tiro de Guerra) pondo em prática o plano de doar uma expressiva quantidade de  bolsas, segundo explicou  subtenente Aldo José da Silva Santos.

“Uma das finalidades do Tiro de Guerra é a participação nas campanhas humanitárias assim sendo nós nos propusemos a doar 50 bolsas de sangue para a campanha”, disse

Entre os primeiros doadores, jovens em sua primeira vez. Caso de Daniel Santos, que após ter cumprido com o que chamou de dever cívico ouviu as recomendações destinadas à todos os doadores feita pelo técnico de enfermagem Cesário Torres

“Não fazer esforço físico hoje, principalmente, no braço, alimentação normal, tomar bastante líquido (…) e após 60 dias vocês já pode fazer outra doação”, explicou

Santos, como é chamado,  disse  que pretende voltar.

“é sempre bom fazer uma ação voluntária, sempre a população precisa e se você puder ajudar é bom”, frisou

A POPULAÇÃO PRECISA DOAR

A organização já garantiu que profissionais de diversos órgãos venham, voluntariamente, fazer a doação este mês, mas o que ela mais espera mesmo, segundo Eliel Lima,  é a participação, em grande quantidade , da população.

“O tiro de guerra tá abrindo hoje a campanha, depois vai vir os agentes comunitários de saúde, depois os guardas de endemias e, por ultimo, o Rotyary com seus associados pra fechar a campanha….ALÉM DISSO A POPULAÇÃO? Esperamos que a população também se sensibilize e venha fazer a sua parte’, pediu

A média de doações alcança, no máximo 170 bolsas/mês. Para abastecer 5 municípios a quantidade é pequena.

Até novembro deste ano, explicou o idealizador da campanha, Valdeck Frota, a intenção é chegar a pelo menos 200 mensais,  fazendo sorteio de prêmios para incentivar a participação e envolvendo outros municípios.

 “O Rotary Club vai reunir com os prefeitos e com  os secretários de saúde dessas cidades para mostrar a importância desse evento aqui de Codó e a necessidade e de que eles também se conscientizem em trazer o seu público para vir pra Codó fazer sua doação”, afirmou

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*