Blog da Ramyria Santiago -

RAPAZ QUE INJETOU HIDROGEL FOI ENTERRADO NO CEMITÉRIO DO CODÓ NOVO.

Corpo de Yuri Mamede chega ao cemitério do Codó Novo

Foi enterrado às 17h desta quarta-feira, 29, no cemitério do bairro Codó Novo, o corpo do codoense Yuri Mamede da Costa, 18 anos, que morreu dia 24 de julho, em Ribeirão Preto, interior de São Paulo, após injetar hidrogel no pênis.

Com a ajuda da prefeitura o corpo chegou hoje por volta das 11h40 da manhã à segunda Travessa Santa Teresinha, bairro Santa Teresinha, onde foi velado por amigos e familiares.

Amigos familiares se despedem do jovem que morreu em SP

A imprensa se manteve um pouco afastada, respeitando pedido dos parentes dado ao estado de comoção que acabou atingindo à todos.

SOBRE USO DO HIDROGEL

O caso de Yuri ganhou repercussão nacional em razão do uso indiscriminado da substância hidrogel ter afetado até celebridades, recentemente, como destaca, abaixo, reportagem do G1- site de notícias da Globo.

……………………………………….
Usado principalmente para preenchimento e aumento de volume em regiões como nádegas e coxas, o hidrogel esteve relacionado a problemas graves de saúde em pessoas que recorreram a esse procedimento nos últimos meses no país.

Como o procedimento prevê o depósito de uma grande quantidade de material sob a pele, há risco de o produto ser injetado perto de um vaso e comprimi-lo, causando isquemia.

Caso seja aplicado equivocadamente dentro de um vaso sanguíneo, pode levar a uma trombose e à necrose da pele no local, ou ainda provocar embolia pulmonar ou até cerebral.

No ano passado, a modelo Andressa Urach foi internada com uma infecção na coxa esquerda originada de uma aplicação de hidrogel. Em outro caso, uma mulher morreu em Goiânia depois de passar pelo procedimento de aplicação de hidrogel no bumbum.

Categoria: Notícias

    Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

    *