Blog da Ramyria Santiago -

Corpo de Maranhense encontrado dentro de freezer em São Paulo

1 (1)

Um dos homens encontrado morto em freezer foi identificado no IML Central. Marcos Diones Pereira da Silva, de 29 anos natural do estado do Maranhão, e outro homem não identificado permanecem no Instituto Médico Legal.

De acordo com a polícia, os corpos foram encontrados na manhã desta quarta-feira (23) dentro de um freezer em cima de um carrinho de carroceiro na avenida São Luís, no centro da capital paulista.

Os corpos estavam enrolados em lençóis e manta. Os dois tinham os pés amarrados. Ambos possuíam sinais de estrangulamento. Um deles possuía sinais de pancadas na cabeça e o outro tinha um corte no pescoço.

Imagens das câmeras da prefeitura mostram que a carroça foi deixada no local por volta das duas horas da manhã:

Vereador Gracinaldo fala sobre sua desfiliação do PSL e apresenta importantes indicações no parlamento

DSCF6506

Esta semana, durante a 28ª sessão da Câmara Municipal de Codó, o vereador Gracinaldo anunciou sua desfiliação do PSL, partido pelo qual fez história no município de Codó, sendo o primeiro parlamentar a ser eleito por essa agremiação partidária no município. “Estou deixando esta legenda, onde fui muito feliz e sou muito grato. Também tive a honra de me tornar o primeiro edil eleito por esta legenda. Portanto fica uma história muito bonita e satisfatória”.

Rio Itapecuru

Gracinaldo, como presidente da Comissão de Meio Ambiente da Câmara, voltou a denunciar enfaticamente a poluição do Rio Itapecuru e a degradação de seu ecossistema, registrado em vídeo e publicado na internet. Vereador Gracinaldo conclamou a população a ser unir para impedir uma grande tragédia ambiental. O edil ainda conclamou aos seus pares a tomar providências através da Comissão de Meio Ambiente, para acionar a Secretaria de Estado de Meio Ambiente e para que essa secretaria tome providências de forma acelerada, assim como agiram com celeridade quanto a autuação da poda dos eucaliptos no bairro São Francisco.

“Os peixes estão morrendo nas mãos dos pescadores. Essa tragédia está acontecendo dentro do nosso município. Não podemos permitir que isso continue sendo feito. Precisamos e vamos cobrar as providências da secretaria de estado. Esse é um casa que é responsabilidade de todos nós. Os moradores do município de Timbiras está criando um movimento chamado Amigos do Itapecuru. Pois sabem que a água é nosso bem mais precioso. Se não tomarmos de conta do nosso Rio Itapecuru ele irá secar e comprometer nossas futuras gerações. Por isso temos que nos unir”, declarou.

Indicações da semana

Na oportunidade, o Vereador Gracinaldo também apresentou três importantes Indicações e as defendeu de forma veemente, pois foram pedidos das comunidades em que visitou durante a semana. Com a INDICAÇÃO Nº 170/2015 o legislador solicitou ao Poder Municipal a construção das Escolas na Localidade MUNDURIL E IMPERIAL que ainda são de taipas. Pela INDICAÇÃO Nº 171/2015 pediu que seja feito com urgência a reforma da Escola na Localidade SANTA JOANA, que esta em uma situação precária. E com a INDICAÇÃO Nº 172/2015 Gracinaldo pediu ao Poder Executivo que sejam recolocadas lâmpadas nas localidades SANTA JOANA E BOA ESPERANÇA, que conforme moradores estão queimadas ou quebradas.

Ascom

DONO DE BLOG EM CODÓ LANÇA MENTIRAS EM SEU BLOG E NÃO APARECE NA DELEGACIA PARA PRESTAR ESCLARECIMENTOS,FOGE DA RAIA

Na ultima terça feira (15) o Radialista e Blogueiro Mãozinha, postou em seu blog (Boca no Trombone) uma matéria com o seguinte tema:

“GERENTE DE BANCO ESPOSA DE APRESENTADOR É PRESA PELA POLICIA FEDERAL EM CODÓ”

E continuou o texto dizendo: “Hoje pela manhã a policia Federal  veio a Codó, prendeu a gerente do Banco do Bradesco Meire, que é esposa de um apresentador de TV em Codó, ou seja, esposa de Walney Filho da TV Cidade.
Motivo da prisão é que a própria gerente comandava uma quadrilha que desviava dinheiro dos aposentados” 

mao

BLOGUEIRO MÃOZINHA

 Após a calúnia do blogueiro, foi descoberto que a noticia não passava de um boato, e que a gerente do banco do Bradesco nunca esteve presa, Mãozinha fez a denúncia em seu blog mais em nenhum momento apresentou provas, ou qualquer tipo de documentação contra a gerente, fotos, vídeos, nada! A família do apresentador Walney Filho sofreu retaliações, mais também recebeu o apoio de muitos amigos.

download (1)

WALNEY FILHO.

O blogueiro é claro, desqualificado e sem competência, pois denegriu a imagem de alguém sem prova alguma.

Perguntado a Mãozinha, o porquê ele estava fazendo isso, ele disse: “quando meu filho foi preso todo mundo falou, porque que eu não posso falar também”disse.

O apresentador, juntamente com a gerente do Banco que é sua esposa, tomaram providencias cabíveis contra Mãozinha, e registraram um Boletim de Ocorrência, intimando Mãozinha a comparecer em uma audiência marcada para o dia 24 de Setembro as 10h00minh. O fato é que Walney filho e Marilene gerente do Banco do Banco do Bradesco compareceram a Delegacia e o Mãozinha nem deu as caras por lá, o blogueiro sumiu, desapareceu, fugiu da audiência, não teve coragem de enfrentar o povo, ele não tinha como comprovar suas mentiras diante do Delegado, os mesmos até esperaram pra ver se ele iria aparecer, mais nada de Mãozinha!  ele não compareceu a audiência para prestar esclarecimentos. Ninguém mais o viu por aí. E agora José!

 

 

 

 

 

 

EM MENOS DE SEIS DIAS IGREJA É ROUBADA DE NOVO EM CODÓ

Na ultima sexta feira 18, o blog da Ramyria Santiago divulgou o caso da Capela Nossa Senhora Conceição de Aparecida, que fica no Vereda, bairro São Francisco em Codó, que foi arrombada e objetos furtados.

12046960_779393915505215_2857890271271024399_n

Já na manha de hoje, por voltas das 3h, mais uma vez a Capela foi roubada, passou somente seis dias depois do outro roubo, os ladroes usaram o mesmo método da outra vez, destelharam a igreja e entraram pelo mesmo local.

As ripas foram afastadas e outras quebradas, os ladroes levaram dessa vez ventiladores, toalhas, batas e vestimentas dos padres, além de quebrarem algumas taças que são usadas no momento da missa.

12027717_779393752171898_9177872676329150168_n

As informações dão conta de que são as mesmas pessoas, a policia já está a procura dessas duas pessoas.

Vereador Expedito Carneiro pressiona oposição a cobrar governo estadual por melhorias em Codó

OI2

Em seu uso da palavra na tribuna da câmara, o vereador Expedito Carneiro (PSDC) falou com firmeza sobre a crise econômica e politica brasileira e seus reflexos nos setores mais vulneráveis da população. “Infelizmente tenho que dizer, como os colegas aqui presentes, que fomos roubados e que a população brasileira está penando pelas ingerências do PT”. O edil traçou um paralelo sobre os acontecimentos da era Collor, nos anos noventa, e a possibilidade de um novo impeachment no país. “Acredito que ainda não tenham votado um impeachment porque ela só mexeu no bolso do trabalhador e não dos ricos, como fez o Collor em sua época”.

Cortes no social

Expedito ponderou sobre os ajustes feitos pelo governo federal e os cortes em programas sociais, educacionais e na saúde, mas que afetam só a parcela menos favorecida da população. “Sabemos que em cidades do interior, as famílias de trabalhadores dependem e até sobrevivem muito de programas sociais como o Bolsa Família. A presidente usou o programa para iludir os mais carentes e agora irá fazer um grande corte, tirando oitocentos milhões de reais do benéfico”.

Tomando imóveis do Minha Casa Minha Vida

O vereador declarou que a presidente orientou que a Caixa Econômica Federal tomasse a residência das pessoas que estivessem com prestações atrasadas no programa Minha Casa Minha Vida e que a crise estava sendo devastadora para os mais humildes. “A crise está batendo a porta de todos. A falta de recursos, o desemprego, a renda mais curta e os preços de tudo mais altos, energia e gás, irão sacrificar as famílias mais humildes. Muitos codoenses já estão sentindo na pele os cortes do Bolsa Família e das ações arbitrárias do governo. Esperamos que eles não percam suas casa, que conquistaram com tanto sacríficos e esperanças”.

Pressionando a oposição

O parlamentar questionou o aumento abusivo do preço da energia, do combustível e do gás, principalmente no município de Codó e pediu que legislativo e população se unam pra protestarem contra os aumentos abusivos. Expedito também ironizou a alguns colegas de oposição, que acreditam que será feita até uma MA na região da Trizidela, uma vez que nem a MA-026 foi recuperada.

“Gostaria de saber quando o colega de oposição irá começar a cobrar ao governo do estado. Por enquanto só estão falando bem. Mas já se passaram meses e nada está vindo pra Codó. estão derramando asfalto e fazendo obras em outros municípios, mas pra Codó ainda não vimos nada. E a oposição não está cobrando nada. E ainda reclamam da gestão municipal. Mas queremos que as coisas melhorem. Não queremos que esse arrependimento se alastre pelo Maranhão”, finalizou.

Ascom

SEMCIR promove projeto em comunidades quilombolas de Codó

 

DSC01675 (1)

O secretario de cultura de igualdade racial, Augusto Serra, juntamente com sua equipe visitaram no ultimo final de semana as comunidades quilombolas Cipoal dos Pretos e Mocorongo. O objetivo da visita foi para cumprir mais uma etapa do projeto Quilombos Codoenses – conhecer para preservar, que esta sendo desenvolvido nas comunidades quilombolas do municipio.

O projeto consiste na realização de uma pesquisa sócio econômica e na capacitação (formação) dos quilombolas do município de Codó. Neste final de semana Augusto Serra realizou vários seminários sobre cultura, identidade e subjetividade e o protagonismo social e político das comunidades quilombolas, com exibição de slides, VTs e amplo dialogo com as comunidades participantes.

“O seminário foi realizado em caráter consultivo e foi definido como uma maneira de esboçar uma linha de ação mais específica dentro das comunidades”, esclareceu Augusto Serra.

ASCOM/SEMCIR

Rede Sustentabilidade vira partido oficialmente

REDE SUSTENTABILIDADE

Depois de um intenso trabalho de coleta de assinaturas, a Rede Sustentabilidade teve o seu registro aprovado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e passa a ser oficialmente um partido político. O julgamento aconteceu nesta terça-feira, dia 22 de setembro, no plenário do Tribunal. O registro foi aprovado por unanimidade após brilhante sustentação oral do ex-minsiro Sepulveda Pertence, que advoga para a Rede desde a retomada do processo. Na ocasiāo do registro, os outros seis ministros acompanharam o relator do pedido, João Otávio Noronha, que foi favorável à criação da Rede. O magistrado levou em consideração o parecer expedido pela Procuradoria Geral Eleitoral, também em favor do registro do partido. Com a medida, o partido já estará apto a participar das próximas eleições de 2016, quando serão escolhidos prefeitos e vereadores. Além de Noronha, acompanharam o voto do relator os ministros Antônio Herman de Vasconcellos e Benjamin, Henrique Neves, Luciana Lóssio, Gilmar Mendes e Rosa Weber. O presidente do TSE, ministro Dias Toffoli, também se posicionou favoravelmente ao registro do partido. “A Rede é um esforço para atualizar a política. Queremos colocar a questão da sustentabilidade no centro da discussão, no desenvolvimento econômico e social do nosso país. A sustentabilidade é o grande debate que o mundo e o Brasil precisam”, comemorou a ex-senadora Marina Silva logo após o resultado. A Rede se consolida num momento em que são graves os problemas relacionados ao desgaste da política – dos políticos e do sistema de representação. Na contramão desse cenário, a Rede se apresenta como um partido a serviço da sociedade, que busca mudanças profundas no sistema político, e luta pela construção integral da democracia no país e por um modelo de desenvolvimento baseado nas cinco principais dimensões que se fundem no que chamamos de sustentabilidade: a ética, a ambiental, a social, a política e a econômica. “E agora uma das questões mais urgentes dessa agenda é a sustentabilidade política. A Rede não tem a pretensão de ser a dona da verdade, mas quer dar sua contribuição para o debate. Queremos que a governabilidade seja programática, baseada em programas e não de

projeto de poder pelo poder”, avaliou Marina. A Rede agora é um partido. Mas mesmo sendo um partido que acaba de nascer já teve momentos importantes em sua história, como o Movimento Brasil com S (2007), o Movimento Marina Silva (2009), a campanha presidencial de 2010, o Movimento Nova Política (2011) e da Rede Pró-Partido (2013). É uma confluência em torno de um Brasil mais sustentável, mais justo e mais democrático. Das origens do movimento socioambiental à potência pulverizada dos ativistas autorais, com natural identificação por parte de artistas e intelectuais. A Rede Sustentabilidade não surge para se apropriar ou substituir esse movimento. Ela surge desse e para esse movimento. Ela está a serviço desse movimento. Como partido político, a Rede se coloca a serviço de pessoas que não aceitam mais serem espectadoras de decisões e ações feitas à revelia da sociedade. Que não aceitam mais serem apenas eleitores constrangidos a um voto insatisfeito e desanimado. Que não querem ter mais a sensação ruim de impotência diante da arrogância de quem imagina o poder político como sua propriedade, de sua família e de seu grupo. Com raízes na trajetória de lutas do campo socioambiental, a Rede fez a ponte entre as demandas por justiça e direitos sociais e humanos e o movimento contra o uso abusivo do ambiente natural, demonstrando que estes são inseparáveis e somente sua união pode responder às grandes questões do presente. O partido, que agora se torna oficial, já vem lutando por uma nova forma de fazer política e agora passa a buscar seu caminho como uma nova força política no Brasil. Esse trabalho será marcado pelo rompimento com práticas atrasadas e resistentes que têm sugado as energias, os recursos e o esforço diário de milhões de brasileiros, manipulando-os em favor de projetos de poder, de uso privado das riquezas públicas e de ocupação abusiva e antidemocrática das instituições do Estado. Com o registro reconhecido pelo TSE, a Rede Sustentabilidade passa a ser um ator real na busca por essas conquistas e o fará também por meio de inovações tecnológicas que possibilitam a participação de filiados e simpatizantes: a Rede trabalha para trazer o espírito colaborativo para a política, viabilizando a democracia digital. Um processo de criação transparente e autoral

A coleta de assinaturas para criação da Rede ocorreu de forma autoral em todo o Brasil. Diferentemente de outros partidos, que terceirizaram essa tarefa, a Rede escolheu fazer a coleta de maneira aberta, dando transparência ao processo. Foram mais de 10 mil militantes cadastrados que foram para as ruas para a coleta de assinaturas, em centenas de mutirões e ações pelo país. A mobilização pela criação da Rede começou com a sua fundação no Encontro Nacional Pró Partido, organizado no dia 16 de fevereiro de 2013, em Brasília (DF). No evento, foi lançado seu manifesto e estatuto e iniciou-se a campanha de coleta de assinaturas pela obtenção do registro. A Rede deu entrada no seu primeiro pedido de registro em setembro de 2013, com 600 mil assinaturas, selecionadas após triagem entre as mais de 900 mil obtidas durante a campanha. Desse total, os cartórios só validaram 442.524 fichas – embora questionadas, as invalidações dos cartórios culminaram na negativa ao pedido de registro do partido durante o julgamento no TSE – foram seis votos a um. A partir de janeiro de 2015, a militância da Rede intensificou a campanha de coleta de assinaturas, com a realização dos mutirões de Verão e o de Carnaval. Nesse período, os filiados e simpatizantes foram novamente às ruas, montaram pontos de coleta nas capitais dos estados e nas mais importantes cidades do país. O esforço rendeu bons frutos e levou o partido a obter 56.128 assinaturas, que foram encaminhadas junto com o novo pedido de registro, entregue ao TSE no dia 28 de maio. FONTE: Rede Sustentabilidade