Blog da Ramyria Santiago -

Vereador Expedito leva pressão de quilombolas e abandona discurso

 Vários representantes de Comunidades Quilombolas da área de Santa Maria dos Moreira estiveram na Câmara Municipal de Codó ontem, 31,  com cartazes direcionados ao vereador Expedito Carneiro.

Cartazes exigem desculpas de Expedito Carneiro

O protesto se deu em apoio ao presidente do SINDSSERM, Antonio Celso Moreira, que foi hostilizado pelo parlamentar com frases como ‘LEVANTA A CARA RAPAZ’.

Carneiro aproveitou para desabafar em cima do professor contra xingamentos que ele e demais vereadores teriam sofrido numa manifestação de rua.

Ontem quando ele foi usar a Tribuna da Casa foi impedido de falar pelos manifestantes que além de mostrar os cartazes gritavam “PEDE DESCULPA, PEDE DESCULPA, PEDE DESCULPA, PEDE DESCULPA”.

Em meio aos gritos, ouvia-se, pelo rádio, apenas as falas de Expedito, acoado – “Senhor presidente, fica inviável a gente continuar nosso pronunciamento. Senhor presidente quero concluir meu pronunciamento”.

E do próprio presidente Chiquinho do Saae que tentava acalmar os ânimos dizendo “gente, por favor, vamos deixar o vereador concluir a fala dele, ele não é obrigado a fazer o que ele não quer. Por favor, nós vamos respeitar o direito de cada um aqui”

“Nós não vamos entrar nesse mérito aqui porque quantas vezes os vereadores não foram desrespeitados lá na frente da prefeitura. Calma gente, vamos ter calma, deixa o vereador concluir o raciocínio dele aqui”, dizia

Mas não teve jeito e Expedito jogou a toalha – “Senhor presidente fica inviável a gente concluir o nosso pronunciamento, senhor presidente”.

A ideia do grupo é voltar toda sessão a partir de agora até que o vereador peça desculpas ao professor  Antonio Celso Moreira.

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*