Blog da Ramyria Santiago -

Secretário municipal é flagrado esfaqueando a mulher

Um secretário municipal da cidade gaúcha de São Jerônimo (68 km de Porto Alegre), na região metropolitana da capital, foi flagrado golpeando a ex-mulher com uma faca, nessa segunda-feira (21).

image-31

Um vizinho da vítima gravou com a câmera do celular o momento da agressão. Marcos Vinicio da Silva, 37, que é secretário de de Logística e Transportes foi preso em flagrante. Sua ex-mulher, de 33 anos, está hospitalizada em Porto Alegre e seu quadro é estável.

A tentativa de homicídio ocorreu na manhã dessa segunda-feira, depois que Silva foi até a casa dela, localizada no bairro São Thomé. Conforme o delegado Marco Aurélio Schalmes, que investiga o caso, o secretário agiu motivado por ciúme.

“No final de semana, a vítima publicou no Facebook fotografias em que relata que havia ido a uma festa, dando a entender que estaria se relacionando com um novo homem. Durante o interrogatório do preso, ele confessou que viu as fotos no sábado, foi a uma lan house, imprimiu as imagens e teria ido conversar sobre as postagens com a ex, pois se sentiu ofendido”, afirma Schalmes.

Ao chegar à casa da vítima, Silva foi surpreendido com a presença do homem junto a sua ex. Eles entraram em luta corporal, o secretário sacou uma faca, mas o casal fugiu.

Silva correu atrás da ex-mulher e a alcançou. Ele derrubou a vítima no chão e desferiu golpes contra ela na região do tórax e abdome.

Vizinhos que ouviram a confusão saíram em defesa da mulher.  Eles afugentaram o agressor, que foi detido por populares em seguida.

Silva e a mulher haviam vivido juntos por cerca de seis meses e tiveram um filho. Mas há quase um ano estavam separados. Na delegacia, ele disse que não lembrava dos momentos da agressão.

“Ele está passando por um tratamento psiquiátrico e disse que não lembrava de nada. Estava muito confuso”, afirma o assessor jurídico da prefeitura de São Jerônimo, Petrônio Weber.

Conforme o advogado, ele acompanhou o secretário durante o depoimento, mas não foi contatado posteriormente pela sua família para dar prosseguimento à sua defesa.

Já para o delegado, o secretário agiu com frieza e com premeditação. “Com certeza o crime foi premeditado. Ele teve 24 horas para raciocinar. Foi até a casa da vítima irado, motivado e levando na mala duas facas, tesoura, fita adesiva e uma seringa com um medicamento que está sob análise. Na cabeça dele a ex-mulher era um objeto dele e não poderia estar com outro homem. Isso é típico desse tipo de caso”, comenta Schalmes.

Silva foi preso em flagrante por dupla tentativa de homicídio qualificado por motivo fútil e feminicídio. Ele está recolhido no Presídio Estadual de São Jerônimo. O secretário não possuía antecedentes criminais e era tido como um homem tranquilo pela população de São Jerônimo.

Nesta terça-feria, o prefeito de São Jerônimo, Marcelo Luiz Schreinert (PP), anunciou a exoneração de Silva.

Manancial Notícias

 

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*