Blog da Ramyria Santiago -

Deputada Valéria Macedo solicita ampliação do Mercado Municipal da cidade de Codó

A deputada estadual Valéria Macedo (PDT) apresentou Indicação solicitando, ao Governo do Estado, a ampliação do Mercado Público Municipal de Codó. Segundo a Indicação, a reforma e ampliação do mercado, assegurará as mínimas condições sanitárias e de higiene adequadas para conservação e comercialização de alimentos e produtos hortifrutigranjeiros, tanto aos moradores daquele município quanto de outras localidades.

6a4ecb25fcb16cdd4c0d23ed70ac9be2

De acordo com Valéria, a solicitação visa proporcionar conforto aos consumidores e menos transtornos aos feirantes, assegurando condições de higiene e segurança e, acima de tudo, dignidade para aqueles que do mercado vivem, resguardando, dessa forma, os interesses coletivos dos feirantes e, também, da população em geral, garantindo, assim, uma melhor qualidade de vida e saúde a todos os habitantes daquela localidade.

“Cumpre ressaltar, por oportuno, que Codó possui um centro comercial continuo e de grande expressão, tendo nas segundas-feiras seu ápice, quando as ruas ao redor do Mercado Central ficam tomadas por barracas e ambulantes, atraindo pessoas de toda a região, como das cidades vizinhas de Coroatá e Timbiras”, disse Valéria Macedo.

Blog da Ramyria Santiago

 

POLÍCIA DE PERITORÓ RECAPTURA FORAGIDO DA JUSTIÇA

IMG-20160424-WA0024-1Uma equipe de policiais civis, da cidade de Peritoró, recapturou no sábado (23), um foragido da justiça identificado por Francisco da Silva, vulgo “PITUCA”, que estava preso e fugiu após ter tentado matar o próprio sogro no ano de 2008. A prisão de “PITUCA” se deu no povoado Levada, por volta das 17 horas desse sábado; o mesmo não reagiu à prisão, quando foi encontrado pelo delegado Fábio Cordeiro e sua equipe. O mandato de prisão de “PITUCA” foi expedido pela 1° da comarca de Coroatá.

REGIÃO NORDESTE – CONTRA O BLOQUEIO DA INTERNET BANDA LARGA

O Conselho de Usuários de Telecomunicações do Grupo América Móvil (Net, Claro e Embratel) da Região Nordeste decidiu na última semana, por maioria, publicar Nota ao Público contra o bloqueio da Internet Banda Larga Fixa após o consumo de determinada franquia de dados estabelecida unilateralmente pela fornecedora de serviços de internet, por entender que se trata de uma conduta abusiva e contrária aos direitos dos consumidores/usuários, que ofende diretamente a Lei nº 8.078/90 (Código de Defesa do Consumidor) e a Lei nº 12.965/2014 (Marco Civil da Internet).

LEIA A NOTA

NOTA AO PÚBLICO_CONSELHO_BLOQUEIO INTERNET

O Conselho se manifestou afirmando que “grande parte dos brasileiros que utilizam a internet banda larga, se valem da mesma para a educação, através de cursos online, e, desta forma, tolher a possibilidade de mais brasileiros terem acesso à educação, não apenas viola a legislação ordinária, como também a Constituição Federal da República Federativa do Brasil (art. 6º)”.

“O maior prejudicado é o consumidor, vulnerável por natureza. Por isso estamos vigilantes e vamos fazer tudo o que estiver ao nosso alcance para impedir o que não conseguiram impedir no passado, quando da Internet móvel!” – ressalta o jurista Lindojon Bezerra, Presidente do Conselho.

CONSELHEIRO Lindojon Bezerra
PRESIDENTE DO CONSELHO

PRESSÃO: Após ser detonado no Grupo de Whatsapp do bairro São Sebastião, prefeito Fabrízio não resiste e sai

Na manhã deste domingo, 24, o prefeito Fabrízio Araújo e sua equipe de governo estiveram reunidos com moradores do bairro São Sebastião para discutir sobre os inúmeros problemas pelo qual passa a população daquele local.

Agora à noite, Fabrízio fez publicações no grupo de whatsapp do bairro de São Sebastião – que foi criado exatamente para discutir os problemas da sua população – e não demorou para ser  detonado por vários membros do grupo que demonstraram toda sua indignação com a atual situação de abandono ao qual estão sendo submetidos.

m

Abaixo, reproduzimos uma das postagens feitas pelo prefeito Fabrízio que fez aumentar mais ainda sua rejeição diante de centenas de moradores do São Sebastião

“Meus amigos fui hoje no bairro fui muito bem recebido e agradeço por Isso, quem participou da reunião está ciente o que foi debatido,e me coloquei à disposição.
Temos um novo encontro dia 15 de maio será muito bom a participação de todos”
Em resposta à suas publicações no grupo, dezenas de moradores reagiram e fizeram comentários que mostram que o prefeito continua muito rejeitado por lá:
“Cara de pau”
“Hospital e Creche tão lá, inaugurados mas em péssimas condições”
“Ninguém aki quer saber de reunião, queremos é ação seu demagogo”
“Vc foi encurralado pressionado pela população do bairro são Sebastião”
“Isso é uma de sem-vergonhice desse prefeito”
“Vamos colocar impeachment, nesse prefeito”
“Vamos dar a resposta pra esse prefeito demagogo é nas urnas no dia da eleição.”
“Esse prefeitinho de nada”
“Tenho é nojo da cara desse indivíduo”
“Mais nós não vamos parar”
Não suportando a pressão, Fabrízio deixou o grupo.

JOVEM DE 25 ANOS TEM UM SONHO DE TIRAR SEU REGISTRO DE NASCIMENTO E É IMPEDIDO EM CODÓ PELOS CARTÓRIOS.

Um sonho quase impossível, para muitos talvez não tenha tanta importância, mais para esse jovem é o que ele mais quer na vida.

Franklin Cesar Moreira da Silva dos Santos, 25 anos de idade, esses sobrenomes são as junções entre nome de pai, mãe e avó, daí ele  formou então o seu próprio nome e sobrenome. Franklin nunca tirou seu Registro de Nascimento, documento necessário quando uma criança nasce.

Ele disse ao blog da Ramyria Santiago que já não sabe mais o que fazer. O jovem já procurou os cartórios de Codó por milhares de vezes, já perdeu até as contas, e nessas andanças ele foi tratado mal por diversas vezes pelos funcionários, e desistiu de ir até lá. O jovem procurou a Delegacia de Codó onde o delegado deu uma declaração em forma de documento  para que ele tivesse apenas uma identificação, mais que não valeu por muito tempo.

Franklin é um dos jovens sofridos de Codó, já apanhou, foi humilhado, passou fome, foi menino de Rua, ele não teve apoio algum nem do estado ou município e padece até hoje. Ele nunca estudou, é um jovem analfabeto, e tudo que ele quer é ter sua dignidade de volta, pois hoje ele se encontra em uma situação de não existir, um ser indigente, foi abandonado pela mãe e criado pela avó, pai de cinco filhos e nunca conseguiu um emprego por não ter nenhuma documentação, além também de não poder ajudar seus filhos e nem registra-los.

20160424170427

ENTENDA O CASO :

A mãe do jovem nunca se importou em tirar seu Registro de Nascimento quando ainda era criança, e agora que ele tem 25 anos, precisa da presença do pai ou da mãe para tirar seu documento, segundo, dizem os cartórios, além também de outras burocracias que ele não pode arcar com elas. O problema é que o pai de Franklin mora na cidade de São Paulo e disse que não pode vir para ajudar o filho por não ter nenhuma condição, e a sua Mãe mora no Povoado Santo Antônio dos Pretos, além dela não ter condições pra vir pra cidade, ela também não possuem nenhum tipo de documentação,  pois foi vitima de roubos a muitos anos e não procurou tirar novos documentos. Como ele não tem registro, evidentemente nunca tirou também CPF, IDENTIDADE E CARTEIRA DE TRABALHO e demais.

VEJA NESSE VÍDEO A HISTORIA DESSE JOVEM.

Quem puder ajudar esse jovem, entre em contato com o blog da Ramyria Santiago. O blog está disponibilizando seus contatos para as pessoas que queira ajudar Frankiln, Whatsap da Oi do blog (99) 988386425 ou Tim (99) 982190301

ENCONTRO DE TRIBOS – RAP E ROCK DE CODÓ EM BUSCA DE OPORTUNIDADES.

blank

índice

Mobilização da juventude, um evento de grande importância foi apresentado na tarde do dia 23 de abril no Centro de Cultura da Cidade de Codó. Essa foi mais uma edição do Encontro de Tribos. Desta vez, o evento reuniu importantes nomes do  hip hop, rock, rap, como  MANO ROBSON, MAKINA D.C.E, que quer dizer “MAKINA DE COISAS ESTRANHAS”, além também JB MC, o grupo MONARQUIA, que é liderado por REY LEMIL, MANO SIMPSON e MANO JAMES, além também do grupo de Skatistas.

1v

GRUPO MONARQUIA

O evento contou com uma roda de debates, exibição de documentários e elaboração do calendário com bases de ações. Entre cada debate e opiniões dos artistas, estava presente o propósito de mostrar uma face para muitos obscura da sociedade, o movimento Hip Hop, que foi avaliado enquanto forma de contestação social e política.

20160423_162723

Além do Rock e do Rap, tivemos na roda de encontro o grupo dos Skatistas, com esses quatros  representantes que também buscam seus espaços e apoio na cidade. O skate é um esporte  que vem se desenvolvendo aceleradamente em Codó. E também deveria ter mais apoio da sociedade.

20160423_181021

GRUPO DE SKATES DE CODÓ

O caminho escolhido pelo blog da Ramyria Santiago foi  ouvir os jovens que participam do Movimento  rock e rap de Codó e dos debates, foi possível constatar que o Movimento constitui-se como um novo sujeito político na esfera pública do cotidiano da periferia. Os letristas do rap figuram como narradores urbanos. Eles abordam em suas narrativas temas que dizem respeito a sua experiência.

A arte do Movimento Hip Hop possibilita aos jovens a valorização de si mesmo e da periferia, informação e conhecimento e substituição da violência pela força das ideias e das palavras.

20160423_154138

Os cantores reclamam por um espaço de inserção na esfera da vida pública da cidade e do Estado, através da arte de um movimento, uma oportunidade que não é oferecida na cidade de Codó. Por quê? Porque esses jovens são esquecidos e descriminados pela sociedade e jamais vistos pelos políticos Condenses e demais autoridades ? Um dos cantores identificado como JB MC, recentemente foi obrigado pela policia civil de Codó a retirar seu vídeo do canal no you tube, porque segundo a policia o vídeo gravado com tanto esforço e dedicação fazia apologia ao crime. Veja o vídeo do cantor JB MC

Vamos apresentar pra vocês um pouquinho do som desses meninos, que fazem parte do grupo Monarquia, que são eles: Rey Lemil, Mano Simpson e Mano James. Curtam um pouco do Rep de Codó, nesse som que leva o nome de “ALGUNS MOMENTOS DA VIDA”

Na oportunidade, alguns integrantes do movimento, como também os próprios cantores, professores e estudantes, enfim, as tribos fizeram o uso da palavra e se expressaram de suas próprias maneiras, com seus dialetos, suas linguagens e liberdade de expressão. VEJA A FALA DE ALGUSN DELES.

20160423_154308