Blog da Ramyria Santiago -

Polícia Civil investiga morte de preso de Timbiras em presídio de Codó

A POLÍCIA CIVIL investiga a morte do preso  Jucelino Farias dos Santos, de 24 anos, popular “CEBINHO” ocorrida na madrugada de sexta-feira, 15, no presídio de Codó. De acordo com o delegado regional, Zilmar Santana, o preso estava numa cela  de 15 presos.

Preliminarmente os ex-companheiros da vítima contaram que não perceberam qualquer movimentação estranha e que já teriam acordado com a cena de enforcamento no ambiente prisional.

O  corpo segue para uma perícia no IML de  Timon, mas o delegado já parece convencido da tese de suicídio.

JUSCELINO O POPULAR CEBINHO“As características que os policiais civis identificaram no local são compatíveis com a descrição de um crime de suicídio, não havia marcas no corpo de luta corporal que fizesse crer que ele tenha sido forçado àquilo, ele também apresentava língua para fora bastante roxeada, que também é outra característica do suicídio, mas é prematura essa conclusão haja vista que ainda tá pendente o exame do corpo de delito do ofendido”, esclareceu.

JUCELINO FARIAS DOS SANTOS, que foi descoberto enforcado com uma corda de nylon usada para armar rede dentro das celas, cumpria  pena por crime de homicídio praticado na cidade de Timbiras que teve como vitima a pessoa de Raimundo Nonato de A. Mendes, Vulgo “Netinho“. O homicídio este foi realizado no dia 14 de agosto de 2015 em frente ao Clube Arizona no Bairro Anjo da Guarda em Timbiras.

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*