Blog da Ramyria Santiago -

Esquema de segurança para Beira-Mar para nova audiência com o traficante

whatsapp-image-2016-10-12-at-19-02-09

Um mega esquema de segurança será montado pela Polícia Federal e pelo Tribunal de Justiça para nova audiência com o traficante Luiz Fernando da Costa, o Fernandinho Beira-Mar, terça-feira que vem, ao meio-dia, no 2º Tribunal do Júri, Centro. Beira-Mar é acusado de ter ordenado a morte do técnico de informática Michel Anderson Nascimento dos Santos, que seria amante de uma de suas mulheres. O crime aconteceu em 1999, em Caxias. Nos ombros, Beira-Mar carrega condenações que, somadas, ultrapassam 200 anos.

Uma garota de 12 anos, que estava grávida, foi levada ao hospital, por um homem de 40 anos de idade, que dizia ser seu marido

whatsapp-image-2016-10-11-at-08-23-24
Uma garota de 12 anos, que estava grávida, foi levada a um hospital de Xuzhou, na China, por um homem de 40 anos de idade, que dizia ser seu marido. Para não ter que se explicar pelo caso de abuso, o homem mentiu, dizendo que a menina tinha 20 anos.
O acusado, que estava acompanhado de uma mulher, que dizia ser a sogra da menor, afirmou que a menina, supostamente aos três meses de gravidez, precisava fazer um exame de rotina para verificar a saúde do bebê.
“Ela certamente não está perto dos 20 anos”, questionou um funcionário do hospital, de acordo com o “Daily Star”. “Eu a trouxe para fazer o exame, faça o seu trabalho”, rebateu o marido.
Ao presenciar a discussão, um médico imediatamente chamou a polícia e o homem acabou preso.
A menina não falava mandarim. A polícia suspeita que ela tenha sido levada para a China como uma noiva comprada no Sudeste Asiático, especialmente no Vietnã.

Adolescente de 14 anos é encontrada morta com sinais de estupro.

whatsapp-image-2016-10-11-at-13-06-08

Após sair para festa beneficente adolescente de 14 anos é encontrada morta com sinais de estupro.
A adolescente de 14 anos foi encontrada com sinais de abuso sexual
Na tarde deste último domingo (09) o corpo de uma adolescente de 14 anos foi encontrado com sinais de estupro abandonado em um barracão localizado no bairro Dona Engrácia em Catanduva (388 km de São Paulo). De acordo com a Polícia Militar, a estudante identificada como Ana Clara Macena dos Santos teria saído de casa na noite deste último sábado (08) para participar de uma festa beneficente do grêmio estudantil do Instituto Federal de Catanduva que teria contado com a participação de 300 jovens. Segundo informações do padrasto da vítima Alessandro Moreira de 37 anos, a enteada havia saído na companhia de uma colega. “Eu e a mãe dela só deixamos ela ir à festa porque foi acompanhada da mãe desta colega. O combinado era que no final da festa ela fosse trazida de volta para casa, mas isso infelizmente não aconteceu”, diz o padrasto. Já por volta da madrugada de domingo a família começou a tentar localizar a garota ligando para parentes e amigos e também comunicaram à polícia. Mas foi somente durante a tarde que o corpo da jovem foi encontrado por moradores seminua em um terreno baldio. As amigas da adolescente disseram à polícia que ela teria passado mal durante a festa, foi levada para uma sala e saíram para buscar água para a garota, mas quando voltaram Ana Clara já teria desaparecido. Testemunhas contaram à polícia que ela teria saído com um homem não identificado. A mãe da menina conta que a filha nunca bebeu. “Acho que colocaram algo na água dela. Deixaram ela sozinha, eu ligava e ligava, mas o celular dela só dava desligado”, conta a mãe da vítima. No atestado de óbito de Ana Clara consta que a causa da morte pode ter sido fratura na coluna cervical causada por uma pancada nas costas. O laudo do Instituto Médico Legal (IML) de Catanduva irá sair em 30 dias com mais detalhes sobre a circunstância em que ocorreu o homicídio. “Nós estamos sem saber porque tudo isso aconteceu. A Ana era uma menina estudiosa, sempre ajudava a mãe aqui em casa e não tinha namorado. Só saía de casa quando a gente permitia. Queremos muito saber quem fez essa maldade com ela”, conclui o padrasto da vítima. Ainda segundo informações, dois adolescentes já foram ouvidos, mas liberados. O enterro da estudante ocorreu na manhã desta última segunda-feira (10) no Cemitério de Nossa Senhora de Fátima. O caso segue em investigação pela Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Catanduva

Na Bahia, Idoso de 69 anos é espancado após ser flagrado fazendo sexo com uma mula

whatsapp-image-2016-10-11-at-13-09-58

Na Bahia, Idoso de 69 anos é espancado após ser flagrado fazendo sexo com uma mula, em Quijingue, cidade da região do Sisal, a 160 km de Serrinha. A 4ª Companhia do 5º Batalhão foi acionada pelo filho da vítima após encaminhar seu pai ao hospital da cidade com lesões graves.

O idoso apesar da condição física foi ouvido pela polícia no hospital e apontou o autor do crime que ao ser localizado no povoado em que mora confessou. Jean, o autor confesso, disse que ao chegar em casa flagrou o idoso praticando o ato enquanto o animal estava amarrado e em um acesso de fúria, amarrou a vítima em uma estaca e o agrediu.

O acusado foi preso em flagrante, no povoado de Lagoa da Ema, onde ele e a vítima moram e encaminhado para a Polícia Civil de Euclides da Cunha. O idoso não teve estado de saúde informado e permanecia até a madrugada da segunda-feira (10) internado do hospital da cidade.
Foto de Danilo de Jesus.

BEBÊ DE 5,7 KG TEM BRAÇOS QUEBRADOS DURANTE PARTO NORMAL EM NOVO PROGRESSO

whatsapp-image-2016-10-11-at-15-03-12

Um bebê que  ainda não tem certidão de nascimento, mas com nome de Davi já foi parar num registro de delegacia. O bebê nasceu com 5,7 kg , ficou preso e teve os braços quebrado durante o parto no Hospital Municipal em Novo Progresso, a negligência médica foi parar nas redes sociais e com certeza a mãe vai registrar queixa de lesão corporal.
A mãe Josiane,  alega que tudo aconteceu depois que trocaram a cesariana por um parto normal.  Segundo a família, a grávida Josiane  estava com nove meses de gravidez e sentia dores do parto quando procurou o Hospital da cidade. A criança nasceu pesando 5,7 Kg, caso considerado raro.
“Ela foi para o HMNP, chegando lá o médico pegou exames e confirmou que a criança estava para nascer, e comentou que pesava pouco mais de 2 kg,  mas todas as vezes que trocavam os plantonistas,  falavam que não estava na hora da criança nascer”, seria necessária uma cesárea, mas o médico conhecido no Hospital como Dr. Ary provocou o parto normal e tirou a criança a força, machucando o braço ao constatar o tamanho da criança, o parto complicou e explicou a família.
O Bebê Davi foi transferido às pressas para o Hospital na cidade de Santarém-Pa, distante 780 quilômetros de Novo Progresso e segundo a família foi constatado o braço quebrado, oxigênio no cérebro e com liquido no pulmão, tipo de negligência médica, divulgam.
Os familiares alegam que pediram para que fosse feita uma cirurgia para retirar o bebê, mas o médico  se negou.
Outro Lado
A reportagem do Jornal Folha do Progresso solicitou informações ao diretor do Hospital Municipal Jaderson Pantoja, mas até o fechamento desta edição não houve qualquer manifestação.
Segundo informações a criança tem estado de saúde considerado estável, embora de muitos cuidados

PRESO POR ENGANO EM GOIÂNIA CAMINHOU ATÉ TRINDADE PARA PAGAR PROMESSA

whatsapp-image-2016-10-11-at-18-13-53

O mestre de obras Gabriel Afonso de Araújo, de 38 anos, que passou 21 dias por engano, percorreu 18 quilômetros entre Goiânia e Trindade, na Região Metropolitana da capital, para agradecer ao Divino Pai Eterno por ter sido colocado em liberdade. Ele demorou 4h para fazer o percurso, realizado em jejum e em silêncio até chegar ao Santuário Basílica.

Ao chegar no templo, Gabriel foi recepcionado pelo pai e pelas filhas. Acompanhado de uma das filhas, o mestre de obras subiu as escadas do santuário de joelhos e, após poucos passos dentro da capela, voltaram a se ajoelhar.  “A sensação é de felicidade, de liberdade. Não tem nada que pague isto”, comemorou o mestre de obras.

Gabriel ficou preso na Casa de Prisão Provisória de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital e solto na última terça-feira. Isso porque uma pessoa está usando os documentos dele, que foram roubados em 1999, para cometer crimes. Ele afirma que só vai ficar tranquilo quando conseguir mudar de sobrenome.

“Eu vou aumentar meu nome, colocando o sobrenome da minha esposa, para me ver livre desses processos. Então terei que entrar com uma ação na Justiça para fazer essa mudança”, afirmou em entrevista à TV Anhanguera.

A esposa dele, Elisa Bueno Ferreira, afirma que a promessa de ir à pé a Trindade foi feita enquanto ele estava preso. “Ele fez a intenção lá mesmo dentro do presídio. Foi o Divino Pai Eterno que nos deu força, tanto para ele lá dentro, como para nós aqui de fora”, contou.

O drama de Gabriel começou em 2009, quando ele foi detido em uma blitz, em Goiânia, por ter um mandado de prisão em aberto por roubo, e foi encaminhado para o 23º Distrito Policial da capital. Na ocasião, o delegado que investigava o caso constatou que o nome da ocorrência era o dele, mas a foto não. Sendo assim, ele foi liberado.

Os anos passaram, mas os problemas do mestre de obra continuaram. No último dia 13 de setembro, ele voltou a ser preso em uma blitz policial. Desta vez, foi encaminhado para a CPP de Aparecida de Goiânia, onde passou 21 dias até que a Justiça de Minas Gerais, que expediu o mandado de prisão, reconhecesse que houve um erro e que o alvo não era o homem.

Durante os dias em que o mestre de obras permaneceu preso, a mulher dele, Elisa Bueno Pereira, reuniu provas que confirmavam que o marido não é o autor dos crimes, entre elas, o registro de um hospital que comprova que Gabriel estava internado na época de um dos roubos atribuídos a ele.

Além disso, um dos mandados de prisão contra o mestre de obras tinha um número a mais no Registro Geral (RG) que ele usa. Em outro, no local do nome da mãe, estão escritos dois nomes de mulheres diferentes, sendo que um é da mãe de Gabriel.

O advogado do mestre de obras, Luiz Beltrão, explicou que um suspeito, que já foi condenado a 6 anos e 5 meses por roubo, estava usando os documentos da vítima para cometer crimes.

Do G1/Goiás

Homem é preso em Peritoró com mais de 2 kg de pasta base de cocaína presa ao corpo

Relatos da PM enviados à imprensa, via whatsApp, dão conta de que populares denunciaram que um homem encontrava-se na rodoviária de Peritoró tentando fretar um carro para seguir destino desconhecido. Acassio de Almeida (foto da PM) Acassio de Almeida (foto da PM) “Foi realizado um acompanhamento operacional e abordagem policial por parte da guarnição aonde foi possível ser feita a identificação do elemento mencionado e com o mesmo foi encontrado, no seu corpo, preso à fitas isolantes e material plástico cerca de 2 quilos e 270 gramas de pasta base de substância semelhante a Cocaína”, descreve o informativo da Polícia Militar do 17º BPM.

img-20161010-wa0252

O homem preso é Acássio Gomes de Almeida, 31 anos, natural do Estado do Acre, município de Môncio Lima. Policial exibe a apreensão após tirá-la do corpo do suspeito Policial exibe a apreensão após tirá-la do corpo do suspeito Ele foi entregue aos cuidados da Polícia Civil de Peritoró onde deverá ser indiciado por tráfico de entorpecentes. Participaram da prisão: sargento Milhomen e os soldados Bacelar e Ferraz

img-20161010-wa0259