Blog da Ramyria Santiago -

MOTOCICLETA É RECUPERADA EM CODÓ PELA PM NO MORRO DO CHOCOLATE.

OCORRÊNCIA: motocicleta recuperada

Por volta das 20:30hs , foi encontrada a motocicleta yamaha factor branca de placa PSI 3422 , ano 2013 , na rua Francisco Bernardino , Codo Novo , morro do chocolate.
O veículo citado , segundo a vítima de assalto que entrou em contato com a Central de Atendimento , que estava em posse dos assaltantes que lhe roubaram , ontem por volta das 16:30hs, a mesma conseguiu gravar a placa da motocicleta . Quando pesquisado o endereço do dono foi encontrado ( Ivanildo dos Santos Beleza ) , então foram feitas diligências para encontrá- lo , quando o mesmo foi encontrado , ele disse que sua moto foi empenhada na casa de uma traficante , que mora no morro do Chocolate , conhecida pelo apelido de ( mana),  a guarnição se deslocou para a casa da mesma , porém ela não foi encontrada . Depois de algumas horas a guarnição retornou na casa da mana , então uma senhora que se encontrava na porta de sua residência informou que uma pessoa havia deixado a motocicleta naquele local .A mesma não estava sem chave , sem retrovisor e carneragem lateral do tanque , a mesma encontra – se com ligação direta.

PRESO EM CODÓ JOVEM POR PORTE ILEGAL DE ARMA DE FOGO

OCORRÊNCIA: Porte Ilegal de arma de fogo

CONDUZIDO: Francisco Edson Ferreira Leal de 20 anos de idade
Rua Paraguai , São Francisco , Codo.

Por volta das 20:45hs, a Polícia Militar de Codo efetuou a prisão do  acusado , pelo fato do mesmo , ao ser abordado no endereço supracitado , esta portando uma arma de fogo de fabricação caseira , tipo garrucha .
O acusado foi conduzido e apresentado na DP , para serem tomadas as devidas providências.

 

Fonte: CPA/I-4/ 17° BPM CODÓ-MA

CMT: TCel Jurandy

GU: Sd Silva Nunes
Sd Frazao

ACUSADO DE HOMICÍDIO É PRESO EM CODÓ E LIBERADO EM SEGUIDA PORQUE NÃO TINHA NADA REGISTRADO CONTRA ELE PELA FAMÍLIA DA VITIMA NA DELEGACIA.

No dia 2 de novembro de 2016 houve um  homicídio no  Povoado São Benedito do Deusdete, na época gerou grande repercussão em Codó.  A vitima foi Francinaldo da Silva Oliveira  de 18 anos de idade conhecido por “VAMPIRO” morreu após levar uma facada que atingiu a veia femoral. O acusado pelo crime foi seu próprio tio identificado por Antonio Francisco Silva Bezerra  de 34 anos, conhecido por “TOROVO”.

O QUE ACONTECEU ??

GUARNIÇÃO

A guarnição da PM de Codó comandada por Cabo  Pessoa, SD Coimbra e SD Dias estavam na base militar da Trizidela  quando receberam um chamado informando  que o acusado por este crime o TOROVO estava  naquele momento Avenida 1ª de Maio em um local onde vende frango e espetinho como se estivesse esperando um carro para viajar. Rapidamente  a policia se dirigiu ao local e prendeu o acusado que logo após  chegar na DP confessou todo o  crime cometido na época contra seu sobrinho para o delegado. O único problema é que o delegado nada pôde fazer com a sua confissão, porque ninguém da família da vitima prestou queixas na época na delegacia ou registrou um B.O contra o acusado ou assassino da vitima. Então o delegado apenas o ouviu para poder então encerrar o caso e o liberou logo em seguida. Não tinha queixas contra o acusado na delegacia registrada pelos parentes da vitima então não tinha como deixa-lo preso.

ACUSADO PELO CRIME ( TOROVO )

 

REVEJA A MATÉRIA DA ÉPOCA DO ACONTECIDO CLICANDO NO LINK ABAIXO.

AINDA SOBRE O CASO DO TIO QUE MATOU SOBRINHO – DETALHES COMPLETO DO CASO

whatsapp-image-2016-11-03-at-16-58-57

 

INCÊNDIO CRIMINOSO EM CODÓ – POLÍCIA INVESTIGA O CRIME.

A residência fica localizada na Avenida 1ª de Maio, no bairro Santo Antonio e pertence a família da  senhora de nome Maria dos Santos.

Segundo a própria dona da casa o incêndio foi criminoso e já teria até o nome do suspeito a revelar para a policia de Codó, nome esse que o blog da Ramyria Santiago ainda não teve acesso.

O  suspeito subiu pelo telhado afastou as telhas e jogou fogo dentro da residência por volta das 19:00h.  No local em que ele jogou o fogo tinha  colchão e o fogo se alastrou muito rápido devido a esse colchão, na casa tinha também um Santuário que queimou, além da geladeira, fogão e demais objetos.

A policia está agora investigando o crime e espera desvendar rápido e apresentar pra sociedade do autor do crime.

CASAL RESPONSÁVEL POR ESTUPRO E MORTE DE MENINA DE 4 ANOS EM BOM JARDIM DE GOIAS SÃO CONDENADOS, PENAS SOMADAS CHEGA A 43 ANOS DE PRISÃO

Foram julgados no Fórum da Comarca de Aragarças-GO, em julgamento singular proferido pelo juiz DR.Jorge Horts Pereira, mãe e padrasto, responsáveis pelo estupro e morte da pequena Lívia Raquel Nery dos Anjos, 4 anos, no crime que chocou e causou indignação popular na pequena cidade de Bom Jardim de Goiás (36 Km de Barra do Garças), no dia 18/4/2016.

O padrasto na menina, Sandro Ferreira, 28 anos, foi condenado a 24 anos e 9 meses de prisão em regime fechado e sua companheira Lívia Nery dos Anjos, mãe biológica da pequena Lívia, foi condenada a 18 anos e 9 meses de prisão.

Os advogados de defesa já informaram que irão recorrer da decisão.

RELEMBRE O CASO

Um jovem, de 28 anos, foi preso suspeito de estuprar e matar a enteada de 4 anos de idade em Bom Jardim de Goiás, no noroeste goiano. Segundo a Polícia Civil, a criança morreu por causa de complicações causadas por uma compressão no pulmão. O delegado responsável pelo caso, Ricardo Galvão, disse que a polícia apura se a lesão foi causada durante o abuso.

O investigador contou ao G1 por telefone que a criança estava passando mal na segunda-feira (18), quando foi hospitalizada e acabou morrendo.

“Ela estava sentindo dores no corpo, teve febre e vômitos. Foi atendida e liberada no pronto socorro da cidade. Ao final da noite, voltou a se sentir mal e foi levada novamente para a unidade de saúde, que constatou que ela estava com insuficiência respiratória e a transferiu para um hospital em Barra do Garças (MT), mas não resistiu e morreu”, disse.

Segundo o delegado, as enfermeiras do hospital estranharam a presença de hematomas no corpo da vítima e acionaram a polícia. O corpo dela foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) que constatou que ela havia sofrido abusos e classificou a morte dela como “violenta”. Galvão afirmou que o padrasto é o principal suspeito porque foi o único a ficar com a garota antes dela ir ao hospital pela segunda vez.

“Depois que ela voltou do pronto socorro o padrasto ficou cuidando dela até ela ser hospitalizada novamente. O IML constatou que ela havia sofrido abuso 12 horas antes da necropsia. Ela já estava passando mal por causa da lesão que ele pode ter causado e ainda é possível que ela tenha piorado depois de sofrer novo abuso”, pontuou.

O delegado afirmou que não foi possível determinar se ela sofria abusos há muito tempo. “Os vizinhos notaram que ela começou a ficar mais quieta, mais retraída, e costumava ser uma garota mais agitada, mas não sabem dizer há quanto tempo”, relatou.

A mãe da garota também está sendo investigada pela polícia, pois, segundo o delegado, pode ter sido conivente com a ação. “Ela não percebeu nenhuma diferença no comportamento da criança e disse que não desconfiava de nada e não sabia sobre os abusos”, contou. Ainda conforme o delegado, a mulher tem dois outros filhos, um de 2 anos de idade e outro de 2 meses, que vão passar por exames para constatar se também sofreram algum abuso.

O suspeito foi preso na terça-feira (19) e negou ter cometido o crime. Segundo o delgado, ele vai responder por estupro de vulnerável seguido de morte. A pena para este crime varia entre 12 e 30 anos.

MÃE CHOROU DURANTE DEPOIMENTO

A moradora Lívia Nery dos Anjos, mãe da garotinha Lívia Raquel de 4 anos que faleceu após ser estuprada, foi ouvida na delegacia de Aragarças-GO nesta segunda-feira (25/4) após ter sido conduzida coercitivamente pela Polícia Civil. O crime aconteceu na cidade de Bom Jardim-GO.

Esse novo depoimento da mãe de Lívia foi no sentido de esclarecer se ela tinha ou não conhecimento sobre as supostas violências praticadas pelo padrasto de 28 anos, que se encontra preso, contra a menina que morreu em função de hemorragia no pulmão.

De acordo com legistas, essa hemorragia foi causada por alguma compressão no peito da criança provavelmente durante o ato sexual. “Nós decidimos ouvir novamente a mãe porque ela estava agindo com muita indiferença diante da forma brutal que a filha morreu e ela até demonstrando uma intenção de proteger o esposo desta acusação”, destacou Galvão.

Durante esse novo interrogatório, a mãe chorou e voltou afirmar que nunca viu nenhum ato de violência do esposo contra a filha e por isso não tinha motivo para desconfiar dele. Após ser ouvida, o delegado achou por bem libera-la.

Fonte:  ROTA POLICIAL JATAI

MENOR É APREENDIDO EM CODÓ AO TENTAR ROUBAR CELULAR DE UM CLIENTE EM UMA SORVETERIA.

OCORRÊNCIA: Tentativa de roubo
Local: Rua 28 de julho,  Centro

CONDUZIDO: Menor de idade de inicias, L, V,S, de 15 anos
Rua Santa Rosa , Bairro São Vicente Palotti


Por volta das 22:30h, a Polícia Militar de Codo efetuou a prisão de um  acusado de tentativa de roubo no estabelecimento Milk Shake em frente ao Banco do Brasil após tentar tomar de assalto o celular de um cliente. O referido foi detido pelo vigia do estabelecimento. O acusado foi entregue na DRPC sem lesões corporais.

Objetos apreendidos:
– 1 bicicleta monark vermelha;
– 1 celular Samsung branco;
-R$ 2,00 (dois reais

EM CODÓ ELEMENTOS FOGEM DA POLICIA E ACABAM PRESOS APÓS CAÍREM DA MOTO COM ARMA MUNICIADA

*OCORRÊNCIA:*Porte Ilegal de arma de fogo

CONDUZIDOS : Alberto Romeu Viana , de 24 anos e Lailson Muniz de Sousa , de 20 anos .

Por volta das 23:05 hs , a guarnição de serviço da VTR 260, avistou os dois autores descritos em atitude suspeita em uma motocicleta Yamaha YBR factor preta, placa PSU 4102 . Ao avistar a vtr os mesmos empreenderam fuga não obedecendo ordem de parada , fazendo o acompanhamento  em ruas diversas , a guarnição somente fez a abordagem quando os mesmos caíram no esgoto na rua Manoel  Januário , no bairro Nova Jerusalém , em alta velocidade que resultou em lesões corporais leves em ambos autores , ( joelhos , pernas e face ) não sendo necessário atendimento médico , os elementos tentaram empreender fuga , sendo necessário disparo com munições não letal ( elastomero ) , com  Alberto foi encontrado um revólver  TAURUS calibre 38 , n° 10527 e 6 munições intactas .

Os elementos envolvidos foram conduzidos e apresentados à DP para serem tomadas as providências necessárias.

MATERIAIS APREENDIDOS:

01 Moto Yamaha factor , placa PSU 4102 , de Codo , cor preta c/ chave.
01 revólver calibre 38
06 munições intactas
R$ 34,00 trinta e quatro reais
01 colar prata
01 relógio orient