Blog da Ramyria Santiago -

PELO MENOS 15 POLICIAIS RODOVIÁRIOS FEDERAIS SÃO INVESTIGADOS EM UM ESQUEMA DE COBRANÇA DE PROPINA EM RODOVIAS.

FOTO ILUSTRATIVA

Pelo menos 15 policiais rodoviários federais são investigados em um esquema de cobrança de propina em rodovias do Triângulo Mineiro. Uma operação da Polícia Federal (PF), em conjunto com a Polícia Rodoviária Federal e Controladoria-Geral da União (CGU), foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (22) em Uberlândia para cumprimento de mandados contra policiais e quatro comerciantes da região.
As investigações começaram há sete meses depois que a Corregedoria da PRF em Brasília recebeu a denúncia. Em seguida, foi instaurado inquérito pela Delegacia Federal de Uberlândia.
A 2ª Vara Criminal de Uberlândia expediu 19 mandados de prisão preventiva e 33 de busca e apreensão, que são cumpridos nesta manhã em Uberlândia, Araguari, Monte Alegre de Minas, Canápolis, Centralina, Delfinópolis e Itumbiara.
De acordo com a PF, os investigados solicitavam propina dos usuários das rodovias que trafegavam de forma irregular, deixando de aplicar multas.
Enquanto isso, empresários dos ramos de seguros, guincho e pátio eram beneficiados no esquema ao obter vantagens na relação com os policiais acusados, sendo priorizados para atendimento de acidentes e ocorrências, com o objetivo de ter lucro fácil.
Participam do cumprimento de mandados aproximadamente 140 policiais rodoviários federais, 60 policiais federais e sete auditores da CGU. Os presos foram encaminhados à PF e serão indiciados pelos crimes de corrupção passiva e associação criminosa.
A operação foi nomeada como “Dominicano” em referência ao antigo imperador romano do século I, Tito Flavio Domiciano, que entrou para história pela intolerância com a corrupção no império romano.
Esquemas de corrupção
A Polícia Federal explicou que em alguns casos os policiais investigados abordavam caminhoneiros nas rodovias e os veículos eram removidos aos “pátios parceiros” no suposto esquema. Os motoristas pagavam os valores aos pátios, que repassavam parte do dinheiro aos policiais rodoviários.
Em outras situações, funcionários de empresas de guincho iam até o trecho das abordagens nas rodovias para auxiliar na remoção dos veículos

PISTOLEIROS E LÍDERES DA FDN SÃO EXALTADOS EM FUNK CANTADO POR MR. CATRA E FUNKEIRO SERÁ INVESTIGADO- VEJA VÍDEO.

Circula no aplicativo WhatsApp um vídeo do cantor de funk Mr. Catra no qual ele exalta traficantes da Compensa, bairro apontado pela polícia como berço do tráfico de drogas em Manaus. No início do funk, Catra cita nomes de “Ronny” e “Coquinho”, aliados do narcotraficante João Pinto Carioca, o “João Branco”, um dos conselheiros e líderes da Família do Norte, facção que comanda o tráfico no Amazonas.

Os dois nomes citados por Catra são, segundo a polícia, de mandantes de homicídios na cidade e também pistoleiros. Ronny e Coquinho foram presos pela polícia com armas sem registro no mês passado.

Catra já foi enquadrado por ter nas letras de seus raps e funks trechos com apologia ao tráfico de drogas, prostituição e incentivo à violência. Em 2014, ele teve o show cancelado pelo Ministério Público do Paraná.

VÍDEO DA FDN. VEJA VÍDEO.

No vídeo Catra está sentado e joga versos sobre o bairro da Compensa, dizendo: “osso duro de roer”. Em uma parte, o funkeiro fala que não deve-se meter com a Compensa e que se deve prestar atenção e não pode vacilar. O funk também exalta a facção criminosa como sendo “responsa’ e ‘presença”, além também de incentivar o relacionamento de mulheres com membros da Família do Norte.

O cantor carioca, de 48 anos, é fenômeno em todo o Brasil, onde se apresenta em diversas cidades. Entretanto é polêmico e já foi processado por apologia ao crime. Os dois aliados de João Branco, Ronny e Coquinho, são considerados de alta periculosidade pela Secretaria Executiva Adjunta de Inteligência (Seai).

Eles e mais dois integrantes da facção foram capturados em um condomínio de luxo, na Ponta Negra, e estavam também com veículos blindados, além de pistolas automáticas. A facção é responsável por milhares de homicídios com requintes de crueldade como esquartejamentos dos corpos de seus rivais, o PCC, e é apontada como responsável pela chacina nos presídios do Amazonas, este ano, a segunda maior já registrada no país.

COQUINHO E RONNY CITADOS NO FUNK

O escritório de Mr. Catra, em São Paulo, informou por meio de seus assessores, que não tinha ciência de que os nomes citados no funk feito por ele eram traficantes da capital amazonense. A nota esclarecimento diz também que o vídeo foi feito após pedido de uma pessoa que queria que o cantor fizesse rima de funk para amigos. A assessoria não informou o nome da pessoa que encomendou o vídeo.
A assessoria de Mr. Catra informou ainda que a dedicatória da música foi para fãs do cantor.
Questionado sobre os trechos que falam dos “traficas da Compensa” e Família do Norte, a assessoria não respondeu mais.

POLÍCIA VAI INVESTIGAR

Os versos de Mr. Catra devem ser alvos de uma investigação mais detalhada a ser realizada pela Polícia Civil do Amazonas. A informação foi repassada pelo delegado geral adjunto, Ivo Martins.

Segundo ele, o vídeo faz apologia ao crime e o cantor está passivo de punição perante ao Código Penal Brasileiro. “O vídeo demonstra que ele faz apologia sim ao crime e muito mais a alguns criminosos (Ronny e Coquinho) que são por eles citados. Isso por si só denota a prática de infração penal tipificada no art.  287 do Código Penal”, afirmou.

Ainda conforme Martins, a filmagem será encaminhada para o Departamento de Repreensão ao Crime Organizado (DRCO) para início de investigação, que deve ser comandada pelo delegado Guilherme Torres. “Não dá pra afirmar se ele (Catra) tem envolvimento com a facção e isso precisa ser verificado”, destacou. A reportagem procurou o secretário de Segurança Pública do Amazonas, delegado federal Sérgio Fontes, mas não obteve retorno

HOMEM ENCOMENDA ROUBO, NÃO PAGA, E SOFRE TENTATIVA DE HOMICÍDIO EM BACABAL/MA

ACUSADO

Foi apresentado na Delegacia do 1º Distrito Policial de Bacabal, Carlos Vinícius da Silva Pinheiro, acusado de efetuar duas (2) perfurações na barriga de seu desafeto com uma tesoura.
Uma VTR foi enviada ao local e recebeu informações de populares que o autor da tentativa de homicídio tinha fugido em direção à Rua Antônio Lobo. De posse das informações a guarnição pediu reforço e saiu em diligencia no intuito de prender o até então suspeito.
O SD C. Oliveira, SD Lima Junior com apoio da VTR 03 comandada pelo Cabo Valdimar e SD Lago conseguiram prender Carlos Vinicius na Rua Gonçalves Dias.
Segundo informações do próprio acusado, a motivação se deu por conta de um crucifico de prata encomendo pela vítima, que na hora da entrega não quis pagar.
Na Delegacia Carlos confessou a tentativa de homicídio e disse; “Eu queria mandar ele para o inferno”.
Carlos disse viver pelas ruas, mas mora no bairro Trizidela e vez ou outra viaja para o Pará.
O conduzido já tem passagens pela polícia, inclusive por ameaçar um Policial Militar. O mesmo ficou preso à disposição da Polícia Judiciária.
A vítima que não teve a identidade revelada foi encaminhada ao Hospital Geral de Bacabal “antigo Socorrão” onde após atendimento médico passa bem.

CODOENSE É PRESO EM CALDAS NOVAS APÓS ESTUPRAR UMA MULHER DE 39 ANOS- ELE CONFESSOU O CRIME.

POLICIA CIVIL PRENDE SUSPEITO DE ESTUPRO APÓS PUBLICAÇÃO DE RETRATO FALADO DEAM 

Polícia Civil de Caldas Novas acaba de prender autor do Estupro contra uma senhora que se encaminhava para o trabalho, na manhã do dia 11/06/2017. Equipe policial civil de Caldas Novas, coordenados pela Delegada de Polícia Sabrina Leles, acaba de prender o Autor do estupro que chocou a cidade de Caldas Novas.  O acusado é Jean Costa Linhares natural da cidade de Codó e reside aqui na Rua São Miguel, Codó novo

Na manhã do dia 11/06/2017, uma senhora de 39 anos de idade, se encaminhava de bicicleta para seu trabalho, quando foi abordada por um homem, que inicialmente anunciou assalto, subtraindo o aparelho celular dela e posteriormente, mediante ameaça com arma de fogo, a levou para local onde a violentou sexualmente. Após incansáveis diligências, equipe policial civil da DEAM de Caldas Novas identificou Jean Costa Linhares, de 34 anos de idade, como sendo o autor destes horrendos crimes, sendo apreendida inclusive a motocicleta pertencente a ele que foi usada na pratica dos crimes. A vítima o identificou sem titubear e Jean após ser preso confessou à equipe policial que realmente é o homem apontado pela vítima como sendo o autor dos crimes por ela sofridos. O preso será encaminhado à Unidade Prisional de Caldas Novas, e a Polícia Civil terá até 30 dias para concluir o inquérito policial e remete-lo ao Poder Judiciário.

A Delegada Sabrina Leles parabeniza todos os Policiais Civis de Caldas Novas envolvidos na investigação e prisão, mas em especial, parabeniza aos agentes de polícia Frederick e Manoel Roseno e às escrivãs Glauciene e Rute, que trabalharam incansavelmente até a Identificação e prisão ora divulgada.

DONA DE CASA E MOTOTAXISTA SÃO PRESOS EM CODÓ DENTRO DE AGÊNCIA DA CAIXA ECONÔMICA COM DOCUMENTOS FALSOS.

Foi preso em Codó um mototaxista e uma dona de casa, ambos foram presos dentro da agência  da Caixa Econômica Federal de Codó com documentos falsos e se passando por outra pessoa. Quem estava usando o documento falso era a dona de casa de nome MARIA FRANCISCA DE JESUS de 53 anos residente na Rua da Alegria, bairro Codó Novo, o documento falso que ela usava tinha o nome de GERALDA MOREIRA.

O mototaxista também irá responder por uso de documentos falsos, ele foi identificado como sendo FRANCISCO CARDOSO MENESES 40 anos de idade, reside na Rua São José, bairro Santa Teresinha.

O gerente da Caixa Econômica foi quem acionou  a policia ao perceber que ela estava com o documento falso e ambos queriam solicitar um novo cartão de credito e fazer empréstimos. Os dois se encontram presos na delegacia de Codó e o crime não cabe fiança.

HOMEM AMEAÇA DE MORTE A ESPOSA COM UMA FACA E É PRESO PELA PM

OCORRÊNCIA: Ameaça de morte
Local: Rua Nunes Barbosa, Bairro São Raimundo
Horário: 12:15

CONDUZIDO: Fábio Lima Araújo, 31 anos
Rua Nunes Barbosa,  Bairro São Raimundo

VÍTIMA: Iana Rodrigues Frazão,  34 anos
Endereço: Rua Nunes Barbosa,  Bairro São Raimundo

No inicio da tarde de domingo, 18 de junho de 2017, após denuncia repassada via COPOM, a guarnição da VTR 260, comandada pelo Sgt Freitas deslocou se ao referido local para averiguar uma ocorrência de ameaça de morte. Ao chegar no local a vítima que é esposa do acusado informou que o seu marido estava embriagado, teria quebrado uma estante dentro de sua residência, e teria pego uma faca e partido pra cima da vítima que correu pra outra rua. O conduzido foi localizado na Rua da Paz com a faca na cintura onde foi detido pela equipe policial.  O acusado foi conduzido à DRPC com uma lesão corporal proveniente dos chutes que teria dado para quebrar a estante.