Blog da Ramyria Santiago - O mais polêmico da cidade

MORRE RADIALISTA GERALDO SANCHES AOS 69 ANOS EM CODÓ

Geraldo Sanches morreu aos 69 anos de idade

Não foi divulgado o que levou José Geraldo dos Santos Sanches, de 69 anos,  à morte.

O comunicador era baiano e chegou em Codó no início da década de 1980 assim que foi inaugurada a rádio Eldorado AM onde iniciou sua carreira neste município vindo da rádio Sociedade AM da Bahia. Geraldo também fez longa carreira na Rádio Mirante AM onde comandou o grande sucesso ‘A TARDE É NOSSA’ e o Jornal da Mirante por mais de 25 anos.

Geraldo chegou à Codó na década de 1980

O corpo ainda está em Teresina – PI – onde morreu no hospital São Marcos, mas amigos já estão providenciando a vinda para ser velado em Codó, possivelmente na capela de Nossa Senhora ao lado da Prefeitura de Codó.

RESPOSTA À MATÉRIA PUBLICADA NO BLOG SOBRE OS MUTUÁRIOS DO RESIDENCIAL TIMBIRANO

Diante dos fatos narrados neste Blog, em matéria anterior, quando foi noticiado a formação de uma “associação” entre as famílias do Residencial Timbirano e, a exposição de uma certidão de ações que tramitam ou tramitaram em nome do Instituto de Apoio Comunitário – IAC e, de seu Presidente. Entendendo que houve omissão de informações sobre a real situação do empreendimento, o IAC se manifesta com as devidas informações à cerca do imbróglio que envolve o projeto. No primeiro plano temos a esclarecer que, é verdade a existência de uma Ação Possessória (REINTEGRAÇÃO DE POSSE) em que o IAC, legítimo proprietário do imóvel do Residencial Timbirano, entrou contra o Sr. Jahire Machado Junior, INVASOR do referido imóvel. Esta ação foi enviada para o Fórum de Timbiras, quando o Presidente do IAC, ao tentar notificar este Jahire sobre o defeito das obras dos muros divisórios que, não foram aprovados pela fiscalização da CAIXA, foi expulso do terreno sob a mira de uma arma e, teve o carro em que dirigia batido em fuga, quando da tentativa de homicídio relatada em Boletim de Ocorrência feito no mesmo dia e, de posse da justiça.

Na outra linha de argumentos do advogado Walterbi alega ter derrubado uma LIMINAR que o IAC havia recebido em razão das provas de legitimidade da posse que, detém sobre o Residencial Timbirano. A liminar perdeu efeito por um erro formal na apresentação da peça inicial. Tal erro já foi sanado dentro do processo de reintegração de posse e, no momento estamos aguardando a decisão da Justiça sobre o mérito.

Quanto à insatisfação das famílias sobre a paralisação das obras, devemos garantir que, por conta de uma série de atrasos nas liberações pela CAIXA e, por situações ocorridas em outras obras do instituto no Maranhão, essa também é uma insatisfação do IAC. As famílias que aparecem nas fotos publicadas no BLOG, seguramente, a grande maioria não está no Termo de Adesão do Residencial, porém, nada que está sendo feito para alterar a configuração da posse do imóvel poderá ser concluído, sem a aquiescência da justiça que, tem a palavra final.

O que ocorrera foi um ato deste grupo invasor ter perseguido por semanas as famílias beneficiárias, em suas casas para assinarem uma Ata com o objetivo de fazer QUÓRUM à situação pretendida de criar uma “associação de moradores”. Pois bem, mostra-se ineficaz a estratégia da trupe, pois, está totalmente fora dos normativos preconizados no Programa Minha Casa Minha Vida… O que mostra ainda, a estupidez de querer forçar uma situação que, sinceramente, o INVASOR DO RESIDENCIAL TIMBIRANO, sendo orientado por um advogado tão peculiar, chega a ser “infantil” a insistência de quererem tomar as obras do Residencial Timbirano a todo custo. Porém, todas a assinaturas feitas para o grupo liderado pelo Jahire serão impugnadas judicialmente, dentro do tempo em que forem apresentas para qualquer efeito sobre o residencial Timbirano.

Quanto à Certidão publicada no blog para dar forma a uma opinião de caráter da conduta do Presidente do IAC, rechaçamos toda forma de diminuição da dignidade humana ou institucional e, para tanto, como forma de esclarecer que, como cidadão/cidadã, qualquer pessoa está sujeito a ter suas atitudes questionadas judicialmente, porém, não implica dizer que, por isso, é um condenado da Justiça. Então, para provar que, todos e todas são inocentes perante a Lei, conforme preconiza a Constituição Federal, juntamos abaixo uma Certidão Pública, emitida pela Justiça de São Paulo, em nome do Jahire Machado Junior que, qualquer pessoa pode pedir gratuitamente, via internet.

Com isso, esperamos esclarecer que, atacar a dignidade de outrem, com uma Certidão Pública, emitida pelo Sistema Judiciário, sem a devida observância do que estamos respondendo a processos que, na pior das hipóteses, temos diversas instâncias a recursos, não nos torna superiores, tampouco, omitirmo-nos de responder a ofensa com a devida prova inequívoca de que somos iguais para acusar e defender, seria neste momento, uma prova de que estamos abaixo das nossas garantias de ampla defesa. Portanto, faz-se jus a resposta aos termos publicados no blog e, abaixo segue a Certidão emitida pela Justiça de São Paulo para mostrar que o Jahire, o seu advogado, o IAC, o seu Presidente e seu advogado e, qualquer cidadão/cidadã tem o direito de se defender dentro do nível mais seguro para a garantia dos direitos constitucionais dentro da nossa democracia.

Por fim, como mostra a Certidão, as ações contra o Jahire também existem, porém, as ações que tramitam contra o IAC e seu Presidente são dentro da esfera cível e, em hipótese alguma pode ser feito juízo de caráter de alguém, sem a devida lisura na personalidade de quem acusa. O IAC e seu Presidente tratam as ações judiciais de forma a dar solução dentro da segurança jurídica imposta em cada uma, mas, não admitirá mais nenhuma ofensa contra a sua dignidade, sem a respectiva resposta de direito.

Clodoaldo Monteles da Silva

Presidente do IAC/REPRESENTANTE LEGAL DO RESIDENCIAL TIMBIRANO

SAIBA QUAIS BAIRROS DE CODÓ HAVERÁ O DESLIGAMENTO DE ENERGIA NO DIA 20 E 23

Para que os clientes da Cemar tenham uma energia elétrica de qualidade na sua casa, é necessário que tenha manutenção preventiva na rede de distribuição de energia elétrica. Por isso, a Cemar realiza o desligamento programado para melhorar o fornecimento de energia.

Em Codó, a Cemar realizará as seguintes manutenções na rede elétrica:

20/07/2018 – as 09:00  e 20/07/2018 12:00 MANUTENÇÃO DE REDE RUA ANTONIO ARAÚJO CENTRO CODÓ

20/07/2018 – as 08:00 e 20/07/2018 13:00 SUBSTITUIÇÃO DE POSTES RUA 1º DE MAIO SANTO ANTONIO CODÓ

23/07/2018 -as 14:00 e 23/07/2018 17:30 SUBSTITUIÇÃO CONDUTORES RUA MARIA ALICE MACHADO BAIRRO SÃO BENEDITO CODÓ

O que é desligamento programado?

Desligamento programado são intervenções na rede elétrica para manutenções preventivas. O desligamento é um investimento que tem por objetivo melhorar a qualidade do fornecimento da energia elétrica em determinada área.

Atenção! Toda a comunidade sempre é avisada dos desligamentos, com antecedência, por meio das rádios, carros de som, carta, além do site da Companhia onde você pode conferir a programação completa dos desligamentos programados.

E quais as situações a Cemar realiza manutenção preventiva na rede?

* Quando árvores com galhos estão tocando na fiação elétrica, nesses casos as equipes podam os galhos;

* Nas situações em que os postes encontram-se danificados ou quebrados, além da substituição de cabos, fios, transformadores, isoladores e cruzetas.

* Na colocação de espaçadores (peças de PVC) na rede de baixa tensão para evitar que os ventos fortes, principalmente no período chuvoso, causem curto-circuito e acabe interrompendo o fornecimento de energia, colocando em risco a sua segurança e de toda sua família.

Essas entre outras ações da Cemar são para oferecer qualidade em todos os serviços prestados à população.

Fique atento!

Por medida de segurança, a Cemar pede que os clientes não façam nenhum tipo de intervenção no sistema elétrico interno de casa ou comércio, quando a área estiver na programação para o desligamento programado. Isso é muito perigoso! Pois o restabelecimento da energia poderá ocorrer antes do horário anunciado. Para mais informações acesse www.cemar116.com.br, e siga a Cemar nas redes sociais, Facebook: Cemar116 e twitter @

JORNALISTA FERNANDO PORTELA SERÁ ENTERRADO AS 17HS DE HOJE NO CEMITÉRIO MONTE SINAI.

 Codó está de luto pela morte do jornalista  Fernando Portela

Colegas de profissão, familiares e amigos lamentam a morte do jornalista que aconteceu hoje quinta-feira na cidade de Caxias.

Fernando Portela já vinha lutando pela vida e necessitava de um transplante de rins, os amigos de Codó realizaram até um rifa beneficente pra ajudar nos custeio com medicamentos.

O corpo está sendo velado na capela Nossa Senhora das Graças, que fica ao lado da Prefeitura Municipal de Codó. O enterro será as 17hs de hoje dia 19.

AUMENTO NA TAXA DE MORTALIDADE INFANTIL NO MARANHÃO

Depois de 25 anos o índice volta a crescer em todo o Estado.

A mortalidade infantil no Maranhão em 2016 voltou a aumentar pela primeira vez depois de 25 anos. E a tendência é que os dados em 2017 aumentem ainda mais. A informação é do Ministério da Saúde que está lançando um alerta sobre essa nova tendência.

A taxa de mortalidade infantil é resultado do número de crianças mortas até um ano a cada mil nascidos vivos. Além dela, existe a taxa de mortalidade na infância, que considera os óbitos até cinco anos, que também cresceu.

Em 1990 a mortalidade infantil no Maranhão era de 76,6. Em 2015, no final do último Governo Roseana, a taxa foi reduzida para de 16,0 por mil nascidos vivos. Mas em 2016, em pleno Governo Flávio Dino, a tendência de queda, verificada durante as gestões da ex-governadora, foi revertida e as mortes de bebês subiram para 16,3 por mil nascimentos.

Os dados extraoficiais já apontam para um aumento significativo deste índice em 2017, apesar dos números oficiais não estarem totalmente fechados, segundo o Ministério da Saúde.

“A tendência é piorar. Ainda não entraram todos os óbitos em 2017 que estão sendo investigados”, afirmou Fátima Marinho, diretora do Departamento de Doenças e Agravos não transmissíveis do Ministério da Saúde.