Blog da Ramyria Santiago -

GAROTA DE 16 ANOS FOI DROGADA E ESTUPRADA POR 12 HOMENS POR MAIS DE 10 HORAS ANTES DE MORRER

Na semana passada, o corpo de uma garota de 16 anos, Desirée Mariottini, foi encontrado em um prédio ocupado na Via dei Lucani, no histórico bairro de San Lorenzo, em Roma. Originária da Cisterna di Latina (cerca de 50 quilômetros da capital italiana), a garota foi estuprada e depois assassinada. Por enquanto, os detidos são dois homens de origem senegalesa que vivem em Roma de forma irregular.

A polícia revelou que Desirée foi violada por vários homens desde a tarde de quinta-feira, 18 de outubro. Eles a drogaram, deixaram-na inconsciente e abusaram sexualmente dela por uma dúzia de pessoas. Desirée morreu no dia 19, então sua provação durou mais de 10 horas. Ela morreu sufocada, acredita-se que eles cobriram a boca com uma mão para que ela não gritasse.

Nas ruínas do prédio, havia mais pessoas. Na verdade, uma ligação anônima revelou que havia uma menina morta lá. Mas quando os serviços de emergência chegaram, eles não os deixaram entrar. Eles fecharam a porta com um cadeado e os médicos tiveram que esperar pela polícia.

As autoridades prenderam dois senegaleses, Mamadou Gara, 26, e Brian Minteh, 43, pelo crime. Eles são acusados ​​de violência sexual em grupo, cessão de drogas e homicídio voluntário com a circunstância agravante da crueldade.

Ontem, em San Lorenzo, centenas de pessoas deixaram manifestações de solidariedade: velas, estandartes, flores. Além dos moradores, havia muitas mulheres que entoavam slogans contra o femicídio e a violência. Na hora do almoço veio o ministro do Interior, Matteo Salvini, que foi desafiado e acusado de querer explorar o que aconteceu para promover um plano de despejo e suas políticas contra a imigração .

Eles não o deixaram entrar no prédio, então, da porta, ele anunciou que aceleraria o despejo de lugares ocupados ilegalmente. “Nos próximos meses faremos um plano extraordinário de despejos”, prometeu.

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*