Blog da Ramyria Santiago -

VIDÉO VIRALISA ONDE FUNCIONARIA DE LOTÉRICA APARECE FURTANDO CLIENTES QUE PROCURAVAM O ATENDIMENTO DO LOCAL

O caso aconteceu mês de agosto de 2017 onde a funcionara da loterica foi presa suspeita de furto, ela é Tamara Pereira Amorim era funcionária de uma casa lotérica situadas no bairro Vila Palmeira em São Luís.

A Polícia Civil do Maranhão prendeu na segunda-feira (21) em São Luís uma mulher suspeita de furtar uma casa lotérica situada no bairro Vila Palmeira. Ela que era funcionária do local foi reconhecida como Itamara Pereira Amorim.

A polícia pediu a prisão preventiva dela.
Segundo informações da investigação da Delegacia de Roubos e Furtos, responsável pelo o caso, o valor desviado pela suspeita chega até a 125 mil reais. Por conta disso, a polícia pediu à Justiça a quebra do sigilo bancácio e fiscal, e o bloqueio das contas de Tamara Pereira Amorim.

Itamara Pereira Amorim foi presa em flagrante e encaminhada para o Complexo Penitenciário de Pedrinhas onde ficará à disposição da Justiça do Maranhão. Ela poderá estar sujeita a prisão de um a quatro anos e mais pagamento de multa.

Fonte: G1MA. Veja VÍDEO.

VIDÉO DE DESAPARECIDO EM BRUMADINHO CANTANDO HINO EMOCIONA INTERNAUTAS.

Na sexta-feira anterior ao rompimento de uma barragem de rejeitos da Vale em Brumadinho (MG), o operador de máquinas Wilson José da Silva, de 53 anos, foi filmado no vestiário da empresa enquanto cantava uma música religiosa na companhia de colegas de trabalho. O vídeo foi compartilhado entre eles via WhatsApp, mas só chegou à família de Wilson neste fim de semana, após os parentes entrarem em desespero diante de seu desaparecimento. As imagens começaram a repercutir nas redes sociais nesta segunda-feira, emocionando internautas.

PM do Maranhão mata covardemente PM do Piauí na frente do filho que gritava por seu pai-VIDÉO.

No início da tarde de hoje dia (01) um policial militar do Maranhão matou outro PM doPiauí.

 

Segundo informações preliminares o crime foi motivado após uma briga de trânsito. O PM do Piauí foi identificado como Borges. A vítima estaria levando o filho para a escola Dom Barreto em Teresina.

Os dois policiais travaram uma discussão em meio ao trânsito, ambos puxaram arma um para o outro. Porém, uma guarnição foi acionada.

Quando a situação parecia estar contornada segundo os policiais do Piauí, o PMMA atirou contra o soldado Borges na frente do filho menor.

Borges foi socorrido por populares, mas não resistiu e morreu no local. O PMMA foi preso em flagrante. O filho da vítima ao ver o pai baleado entrou em total desespero, sendo amparado pelas professoras da Escola Dom Barreto.