Blog da Ramyria Santiago -

VÍDEO –IMAGEM DO RIO ITAPECURU SECO EM CODÓ CHOCA POPULAÇÃO. O RIO VIROU CAMPO DE FUTEBOL

Como árvores intactas às margens do Itapecuru são importantes, mas é preciso reconhecer que dentro da área urbana elas não estão por toda parte como deveria ser.

Ao redor da área são várias plantações onde a gente ver muito cuxá, quiabo e feijão. Como não há fiscalização elas se estendem até onde a água do rio permite. Todo ano tem vazante nas margens do Itapecuru.

Margens desprotegidas pela chamada mata ciliar resultam em rios cada vez mais assoreados.

 

Em Codó um exemplo de partes aterradas do leito tem se destacado porque é a primeira vez na história que isso acontece, ainda em junho, ou seja, longe do período rigoroso da falta de chuvas.
Quem passa pela passarela que liga o São Benedito à Trizidela se impressiona ao olhar o rio. Vê-se um lado com água corrente, um grande banco de areia no meio com árvores frondosas, e do outro lado, não há um pingo d’água sequer.

Quem passa lá de cima da ponte se assusta com esta imagem, uma novidade que entristece e preocupa atuais e futuras gerações.
A imagem que tem chocado muitos codoenses ainda não é de grande extensão, mas tem tamanho suficiente suficiente para servir de alerta.

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*