Blog da Ramyria Santiago -

FACULDADE DE MEDICINA EM CODÓ JÁ É REALIDADE PARA 2020. NAGIB SE REUNIU HOJE EM SÃO PAULO COM O INSTITUTO KROTON.

O prefeito de Codó FRANCISCO NAGIB finalizou sua agenda de trabalho nesta sexta-feira (18) de outubro em São Paulo com grandes novidades para os Codoense. Ele  compartilhou a  notícia de muita importante para o avanço na educação de nossa cidade também em sua rede social, Facebook.

Francisco NAGIB se reuniu com INSTITUTO KROTON, grupos de representantes e proprietário da Faculdade de Medicina Potágoras onde ele foi exclusivamente cobrar com caráter de urgência, a instalação da unidade na cidade de Codó e tive uma resposta muito satisfatória para nossa cidade.

Através de um áudio enviado ao WhatsApp pessoal do Blog da Ramyria Santiago NAGIB expressou sua profunda alegria em ter recebido a notícia positiva

E disse que Continuará trabalhando forte para que 2020 Codó seja um grande polo universitário e referência em todo o Maranhão.

LÍDER DO PSL DIZ QUE BOLSONARO É VAGABUNDO E QUE VAI “IMPLODIR” PRESIDENTE

Vazamento de áudio do Delegado Waldir ocorre em meio a uma disputa pela liderança do partido; Bolsonaro tentou emplacar seu filho Eduardo e acabou derrotado

São Paulo – O líder do PSL na Câmara dos Deputados, Delegado Waldir (GO), chama o presidente Jair Bolsonaro de “vagabundo” e diz que vai “implodir” o presidente em áudio divulgado nesta quinta-feira (17).

“Eu vou implodir o presidente. Aí eu mostro a gravação dele. Não tem conversa. Eu implodo ele. Eu sou o cara mais fiel. Acabou, cara. Eu sou o cara mais fiel a esse vagabundo. Eu votei nessa p*, eu andei no sol em 246 cidades para defender o nome desse vagabundo”. Logo em seguida, alguém não identificado o alerta: “Cuidado com isso, Waldir.”

O áudio, que é de uma reunião realizada na tarde desta quarta-feira (16), foi obtido pelo Estadão e pelo Antagonista e confirmado por Waldir.

A reunião em questão era com deputados ligados a Luciano Bivar, presidente nacional do PSL, que resistem a uma ofensiva do grupo ligado a Bolsonaro de consolidar o controle do partido.

Dois parlamentares relataram ter recebido os pedidos em reunião com o próprio presidente no Palácio do Planalto. “Os meninos chegaram lá e o presidente disse: ‘Assina se não é meu inimigo’”, diz uma das presentes. “Eu não consegui não assinar”, responde o deputado Luiz Lima (PSL-RJ). O deputado Loester Trutis (PSL-MS) também diz ter sido pressionado.

A “gravação dele” citada por Waldir se refere a um áudio de Bolsonaro, divulgado ontem, em que ele pede para deputados assinarem uma lista para tirar Waldir da liderança do partido na Câmara e colocar seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro, no posto.

O presidente depois reclamou do vazamento: “Eu não trato publicamente deste assunto. Converso individualmente. Se alguém grampeou telefone, primeiro é uma desonestidade”, afirmou. “Eu falei com alguns parlamentares. Me gravaram? Deram uma de jornalista? Eu converso com os deputados.”

A tentativa de depor Waldir deu certo mas a vitória foi breve, já que o grupo contrário apresentou uma nova lista e conseguiu manter Waldir no cargo.

“A gente foi tratado que nem cachorro desde que ele ganhou a eleição. Nunca atenderam a gente em p***** nenhuma”, diz um deputado na reunião gravada.

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Felipe Franceschini (PSL-PR), critica uma tentativa da cúpula do DEM, incluindo o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, de promover uma fusão com o PSL. Ele afirma que bancada deveria mostrar maior unidade em defesa do partido e de Bivar.

“Eu estou tentando segurar essa p.. porque eu não quero que aconteça. Se a bancada passar o recado que não está com o partido, eles vão fazer a fusão e vão liberar todo mundo aqui sem levar fundo, sem levar p… nenhuma. E o Democratas vai ficar com o dinheiro de todos vocês aqui”, afirmou.

O PSL tem, hoje, 53 deputados e o DEM, 27. Juntos, teriam 80 deputados e se tornariam a bancada mais forte da Câmara.

VÍDEO: ACIDENTE COM ÔNIBUS QUE TRANSPORTAVA UNIVERSITÁRIOS DE TIMBIRAS NA MA-026

No Vídeo enviados ao blog mostra  como  ficou o ônibus que transportava universitários timbirenses que estudam em Caxias.

O acidente ocorreu no retorno deles à Timbiras por volta de 0h25 da madrugada. Um cavalo atravessou a pista e o motorista do ônibus, surpreendido, não pode evitar o atropelamento. O ANIMAL morreu na hora.

Uma estudante apenas chegou a ser hospitalizada no Hospital Regional de Timbiras reclamando-se de fortes dores nos braços, nada mais grave aconteceu com os estudantes

ADOLESCENTE CODOENSE CAI EM EMBOSCADA, DESAPARECE E PODE TER SIDO ASSASSINADO EM CALDAS NOVAS.

O jovem Caio Felipe de 16 anos de idade está desaparecido desde o último sábado 12 de outubro, na cidade de Caldas Novas, ele e a família são natural da cidade de Codó, bairro São Francisco. A mãe de Caio identificada como Neide mora lá com ele e os outros dois filhos.

Caio Felipe tinha se envolvido com pessoas erradas aqui em CODÓ e por isso sua mãe o tirou daqui e o levou para morar em Caldas Novas e ao que parece na nova cidade ele acabou indo novamente pro lado errado. Informações da Tia de Caio é que no Sábado foi  dois rapaz na casa de Caio e o  chamaram  pra ir há um determinado local, um  outro rapaz viu tudo e falou pra mãe de Caio  que os caras tinham matado ele, segundo o rapaz os dois homens que foram buscar Caio fizeram uma casinha pra pegar ele, armaram uma emboscada para mata-ló.

O fato é que ainda não tem  um corpo, só se sabe que o adolescente está morto, mais não se sabe como e nem onde está o corpo do jovem Codoense.

Através de um áudio amigo de Caio disse que ele  entrou dentro do carro e antes de entrar no carro ele falou pra uns amigos que ele tava indo ali e se ele não voltasse o “PANTERA” tinha matado ele.

Caio e sua mãe Neide na foto abaixo;

 

POLÍCIA FEDERAL REALIZA OPERAÇÃO EM CODÓ CUMPRINDO 32 MANDADOS DE PRISÃO E PESSOAS FORAM PRESAS INCLUINDO UMA MULHER

A Policia Federal, por meio da Delegacia de Combate aos Crimes contra o Patrimônio (Delepat) da Superintendência Regional do Maranhão, deflagrou na manhã desta terça-feira (15), nas cidades de São Luís, Imperatriz e Codó a Operação “Intramuros” com a finalidade de reprimir organização criminosa especializada em tráfico de drogas e armas no estado do Maranhão.

Foram cumpridos 32 Mandados de Prisão Preventiva e 32 Mandados de Busca e Apreensão, tendo as ordens judiciais sido determinadas pelo juiz Francisco Ronaldo Maciel Oliveira, titular da 1ª Vara Criminal de São Luís, com apoio de 150 policiais federais das Superintendências Regionais do Goiás, Distrito Federal, Bahia, Rio Grande Norte, Paraíba e Amapá visando colher provas da materialidade delitiva.

Aqui em Codó houve a prisão de uma  mulher, ainda não identificada. Estamos checando outras informações a respeito.

As investigações foram iniciadas após trabalhos de inteligências da Polícia Federal, que identificaram a atuação de facções criminosas no Estado do Maranhão. Observou-se que o grupo criminoso é dividido de forma estruturada e piramidal e possui um setor responsável por planejar e realizar tráficos de drogas, armas e outros crimes no Estado.
Durante a investigação, identificou-se as principais lideranças da organização criminosa no Maranhão e em outros Estados.
Os investigados serão indiciados pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de armas e organização criminosa, previsto no artigo 33 da Lei 11.343/2006, artigos 14 e 16 da Lei n° 10.826/03 e o Artigo 2º da Lei nº 12.850/2013.
A Operação foi denominada “Intramuros” em razão da constatação algumas lideranças comandarem as práticas de criminosas do interior dos presídios.