Blog da Ramyria Santiago -

VÍDEO-LAVRADOR QUE LEVOU TIRO DE POLÍCIAL CIVIL EM CODÓ NÃO RECEBEU NENHUM APOIO DA CORPORAÇÃO OU DO AGENTE QUE ATIROU. A FAMÍLIA NÃO PODE ARCAR COM O TRATAMENTO NO HOSPITAL E PASSA POR NECESSIDADES

O fato aconteceu no dia 04 de setembro pela manhã na Av. Marechal Castelo Branco, bairro São Pedro. A Polícia Civil procurava por um suspeito de arrombamento identificado pelo apelido de Chicuta e o confudiram com o lavrador e garimpeiro de 38 anos de nome Ismael da Silva Brito que passava naquele instante pelo local.

Os policiais Civis  ainda dentro da viatura  se dirigiram em palavras perguntando se o nome dele era Chicuta e ele disse que não, quando ele parou pra pegar sua carteira no bolso pra mostrar os documentos, o agente dentro viatura já  atirou nele na região da barriga.  Após os tiros os políciais  abriram o porta mala do carro, colocaram ele dentro e  o deixaram no hospital HGM de Codó.

O estado de saúde de Ismael aínda é grave ele precisa de Bolsas de  colostomia que custa 90,00 reias cada uma, e são três bolsas por semana que eles tem que mandar buscar na cidade de Teresina  e ainda tem que arcar com os custo da passagem pras bolsas poderem vim pra Codó, e tem também os gastos com remédios que são muitos. O Polícial Civil que fez o disparo não teve o nome revelado e nunca esteve no hospital ao menos pra se desculpar ou levar sua ajuda a vítima, ninguém da polícia Civil  ou Delegado esteve no hospital pra mostrar solidariedade ao Pai de família que hoje sofre no leite do hospital HGM de Codó por um erro deles. VÍDEO VEJA.

Famíliares  entraram em contato com o Blog da Ramyria Santiago para pedir uma ajuda, a mulher e filhos que dependiam dele pra tudo e hoje passam por necessidades. Ele está no hospital HGM e pode ser transferido a qualquer momento para o hospital da cidade de Peritoró onde ele terá talvez um atendimento melhor e melhores condições.

 

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*