Blog da Ramyria Santiago - O mais polêmico da cidade

SOGRA DE PREFEITO DE CODÓ ESTÁ COM CORONAVÍRUS, NAGIB E PRIMEIRA DAMA ESTÃO COM SINTOMAS DA DOENÇA

Falando, ao vivo, para seus seguidores no Instagram, por volta das 19h, o prefeito de Codó, Francisco Nagib (PDT), confirmou que a sogra dele, dona Vitória, testou positivo para Coronavírus no último sábado, 25/04, e ela está na mansão da família aqui em Codó, que fica na área nobre do bairro São Sebastião.

Não ficou claro se a sogra do prefeito, que mora em São Luís, já veio com a doença ou a contraiu em Codó ao vir, há duas semanas, visitar a filha Agnes Oliveira.

O GESTOR também disse que é asmático, e junto com a esposa, primeira-dama, também está com sintomas leves da COVID-19 por isso ambos estão em Isolamento.

“Eu te chamei aqui e, assim, afirmei, sexta-feira (24/04) você testou negativo, até depois vou publicar na minha rede mas, assim, a gente tá com sintomas então nos estamos reservados e principalmente eu e você estamos cuidando da sua mãe que no sábado à noite testou positivo, mas que passa bem e o melhor remédio é o isolamento “, disse na live

Ele também mostrou dois filhos da sogra dele na Live e afirmou que vieram em apoio à mãe, mas que não estão com sintomas de Coronavírus e mantendo distância

TEMOS MAIS 2 CASOS CONFIRMADOS DE CORONAVIRUS EM CODÓ, A CIDADE AGORA TEM 05 CASOS CONFIRMADOS.

Uma mulher, de 40 anos, e um jovem, de 19 anos, tiveram diagnóstico confirmado de coronavírus em Codó neste domingo (26).A Mulher tem o caso mais preocupante pois a mesma esteve esses dias na fila da caixa econômica e isso preocupação mais as autoridades de Codó.

“A Vigilância Epidemiológica Municipal ressalta que todas as pessoas que tiveram contato com os casos diagnosticados estão sendo monitoradas diariamente, desde quando notificado como caso suspeito”, diz comunicado enviado à imprensa.

Até o momento, 82 casos notificados,30 suspeitos, 05 Confirmados e outros 35 descartados.

MULHER QUE ESTAVA DESAPARECIDA EM CODÓ FOI ENCONTRADA MORTA EM RIO ITAPECURU

O Corpo de Bombeiros Militar confirmou o achado do corpo da codoense Luciane Rodrigues Cunha, de 39 anos, na cidade de Santa Rita, há cerca de 155 km de Codó, já perto da capital São Luís.

Ela havia desaparecido na sexta-feira, 24/04. O filho Tássio Sá Rodrigues Rodrigues Cunha em depoimento ao Corpo de Bombeiros contou que a mãe sofria de depressão e tomada remédios controlados, vez por outra dava surtos psicóticos.

Na sexta uma testemunha, disse que viu uma mulher chegar de bicicleta, a viu descer para as margens do rio Itapecuru próximo à ponte da Trizidela em Codó. Pela bicicleta encontrada, o filho supôs que poderia ser a mãe.

Hoje pela manhã teve a informação de que um corpo foi encontrado às margens do rio na cidade de Santa Rita, houve um contato entre o Corpo de Bombeiros de Codó e o de Itapecuru-Mirim, uma troca de informações e fotos, até que houvesse a confirmação, era mesmo o corpo da codoense Luciane Rodrigues Cunha.

“Nós repassamos a imagem, repassada pelo 13º Batalhão da cidade de Itapecuru-Mirim, que a equipe de serviço verificou e recebeu estas informações, recebemos as imagens, ele reconheceu através da roupa dela e nós, imediatamente, fomos fazer o Boletim de Ocorrência para que a Secretaria de Segurança Pública recebesse as informações e pra que ele pudesse também já fazer a diligência até São Luís e receber o corpo lá no IML, na região metropolitana de São Luís”, disse capitão Belo em entrevista agora à noite ao jornalista Amaral Júnior.

O corpo foi levado para IML de São Luís, depois será liberado para que o filho o traga para Codó.

“A equipe de Itapecuru já esteve no local e já está transladando o corpo até ao IML na cidade de São Luís, ali no bairro Bacanga”, concluiu