Blog da Ramyria Santiago -

EM CODÓ NÃO HÁ MAIS AS FISCALIZAÇÕES NAS ENTRADAS E SAÍDAS DA CIDADE.A AÇÃO FOI SUSPENSA.

O blog da Ramyria Santiago, juntamente com a equipe do JORNAL ALERTA CODÓ, obteve na manha de hoje 4 de abril pela própria secretaria de saúde que essa fiscalização em entradas e saídas de ônibus, carros e demais pessoas que podem está entrando infectados dentro da cidade não está acontecendo mais. Era uma parceria entre vigilância sanitária, secretaria de saúde, polícia militar e até mesmo a guarda municipal. Segundo o que o blog da Ramyria Santiago apurou dentro da secretaria, é que a polícia militar abandonou o trabalho e a secretaria nada pôde fazer por não ter poder de policia e os carros nem ao menos param para a equipe da vigilância quando é abordado e já a PM eles temem. Um outro tema repassado pela secretaria ao blog é que muitos desses ônibus pode vim pessoas com armas, ou drogas ou coisas do tipo que é trabalho da PM. A secretaria de saúde e o pessoal da vigilância demonstram que foram abandonados pela corporação da PM e assim abandonaram também o trabalho que vinham fazendo de fiscalizar principalmente ônibus clandestinos entrando com pessoas possíveis contaminadas com o vírus.

O blog da Ramyria Santiago esteve no 17 BPM para saber mais detalhes com o próprio comando. Conversamos com capitão Humberto que por sinal tratou muito bem a equipe do jornal alerta Codó e também, via WhatsApp conversamos com o comandante Benilton, mais ambos entraram em contradição.
Comandante Benilton disse que está ação está suspensa mesmo e que a vigilância sanitária reclamou que ficaria fragilizada sem a presença da policia militar e por isso está suspensa essas fiscalizações de entradas e saídas. OUÇA AUDIO COMPLETO DO COMANDANTE BENILTON.

Já o capitão Humberto disse que eles continuam a fazer esse trabalho e nunca parou é um trabalho rotineiro, assim também como eles estão ajudando nas fiscalizações de bares abetos em Codó. VEJA O QUE DIZ CAPITÃO HUMBERTO NESSE VÍDEO.

O foto é que a população de Codó continua a reclamar da quantidade de ônibus clandestinos que entram todos os dias na cidade, inclusive tem muitos casos da doença confirmados em Codó de pessoas que vieram de fora. Ontem outra denúncia surgiu de um outro ônibus entranhando na cidade e enfim não há fiscalização.

Comandante Benilton e capitão Humberto

Categoria: Notícias
  • Rastaman reggae Jamaica diz:

    Na verdade é que o líder da cidade que é o prefeito não tá nem aí com nada fechou a cidade antes da hora agora que é preciso deixa as coisas simplesmente acontecer se fosse um carnaval você veria segurança e a organização é toda a força

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*