Blog da Ramyria Santiago -

HOMEM QUE MATOU UMA CODOENSE HOJE EM PALMAS, JÁ TERIA MAIS TRÊS HOMICÍDIOS NAS COSTAS E FAMILIARES PEDEM AJUDA PRA TRAZER O CORPO PRA CODÓ. 

Daiane Alves Ferreira, conhecida por Ritinha, foi assassinada pelo próprio marido identificado pelo nome de Genilton e  apelidado de Arraia. Ela foi morta com um tiro e ambos estavam bebendo em um bar na cidade de Palmas Tocantins, e teria se desentendido com Arraias .

Familiares informaram a Ramyria Santiago que estavam no veículo Genilton, Ritinha e uma criança de 12 anos que é filha apenas de Genilton, a menina presenciou tudo e teve a arma apontada também pra ela. A menina está traumatizada com tudo que presenciou. 

Familiares estão fazendo campanha para trazer o corpo dela para CODÓ, a princípio foi cobrando 10 mil reais pelo translado. A mãe da vítima dona Albertina foi até o prefeito de CODÓ José Francisco e ele não quis ajudar, falaram com Pedro Belo e ele também se negou a ajudar e todos estão em campanha por toda a Cidade de CODÓ para trazer o corpo que está no IML de Palmas.

Genilton já teria matado outras três pessoas e hoje está foragido.

SECRETARIA DE CONVIVÊNCIA COMETE CRIME AO TENTAR MANIPULAR E COMPRAR MULHER CARENTE EM CODÓ. PEDIRAM PRA ELA MENTIR DIZENDO QUE TINHA RECEBIDO CESTA BÁSICA E FORAM EXPULAS A FACÃOZADA- VÍDEO

 

A secretaria pediu para está mãe humilde que desmentisse  tudo que ela tinha falado no blog e dizer ainda que ela tinha recebido cestas básicas, sendo que ela nunca recebeu. Duas mulheres foram na casa da senhora Natividade,  não sabemos ainda se foi a mando de Yolanda Pitombeira ou não , o fato ocorreu as 15:00 hs de ontem 22, quinta-feira em uma forma de calar a boca de uma humilde senhora e amedronta-lá , ela  não soube identificar o nome das duas moças que foram lá , mais vizinhos e familiares viram o momento em que ela expulsou a facãozada as meninas do serviço de convivência da secretaria de CODÓ de sua residência .  O serviço de convivência comandado por Yolanda Pitombeira queria que a mãe se calasse, mentisse, defendesse  a secretaria  e ainda agrediram de forma verbal a pessoa da jornalista Ramyria Santiago com palavras de baixo calão na frente de todos. As meninas pediram até pra Dona Natividade processar o blog sendo que quem está com a verdade é está senhora humilde que a meses se humilha na frente da secretaria para receber uma cestas básicas que é de direito dela. O que essas meninas da secretaria tentaram fazer foi crime e cabe um processo contra a secretaria de convivência. o blog da Ramyria Santiago vai identificar aqui no blog o nome dessas duas moças descaradas que tentaram calar esta mulher. VEJA TUDO NO VÍDEO ABAIXO COM TODOS OS DETALHES COMPLETOS.

DIRETOR DO DETRAN, FRANCISCO NAGIB A BEIRA DA EXONERAÇÃO- ENTENDA O CASO.

O atual diretor-geral do Departamento Estadual de Trânsito, Francisco Nagib está prestes a ser exonerado. Com acusação de Nepotismo e da possível utilização do órgão para empregar pessoas aliadas, o Ministério Público do Trabalho pediu a suspensão da licitação no valor de R$ 13 milhões para contratação de mão de obra a serem nomeados no Detran.

Ao chegar no órgão, Francisco Nagib teria através da BR Terceirização e Serviços Eireli nomeado um de seus parentes, Milton Nagib Alves de Sousa Buzar. O caso foi revelado pelo Blog do Neto Ferreira e confirmado pela Folha do Maranhão.

No documento no qual a Folha do Maranhão teve acesso, Milton Buzar foi nomeado para o cargo de Analista/Diretoria Operacional que, segundo apuração da Folha, não desenvolve a função periodicamente.

Levantamento da Folha do Maranhão mostra ainda que, a empresa BR Terceirização está operando no Detran desde 2016, realizando assim um total de 10 aditivos de modificação da vigência do contrato. O contrato foi cancelado por motivo de uma Ação Civil Pública proposta pelo Tribunal Regional do Trabalho da 16ª Região da 2ª Vara do Trabalho de São Luís.

Na semana passada, o deputado Wellington do Curso (PSDB) denunciou a licitação no valor de R$ 13 milhões para a contratação da mão de obra especializada para trabalhar nas dependências do Detran. O que possivelmente teria a BR Terceirização como vencedora. Sobre o caso, o deputado Wellington informou que levará todas as informações ao Ministério Público para que apure a responsabilidade do governador Flávio Dino e, assim, garantir a nomeação dos aprovados no último concurso do Detran.

Com uma gestão desastrosa em Codó, quando era prefeito. Francisco Nagib possui um passado obscuro como gestor. Investigado pela Polícia Federal e pelo Ministério Público do Maranhão, Nagib enfrentava diversos problemas com a justiça. Recentemente, as atenções voltaram contra sua pessoa, após uma operação da Polícia Federal que foi realizada na empresa de sua família, FC Oliveira. Há relatos que o contrato para fornecimento de álcool em gel para prefeitura de São Luís, teria tido envolvimento direto do Nabig nas negociações. Este contrato teria motivado a operação da PF na empresa FC Oliveira.

A Folha do Maranhão confirmou que a exoneração de Francisco Nagib já é dada como certa. Só resta a data para isso acontecer.

EM CODÓ MULHER NECESSITADA COM 3 CRIANÇAS FOI IMPEDIDA DE RECEBER CESTA BÁSICA POR IOLANDA PITOMBEIRA EM SECRETARIA. VÍDEO

Ela é Maria da Natividade, humilde e bastante necessitada, cria três crianças e não tem nenhuma renda. Ela estava no cadastro e  recebeu uma cesta básica da secretaria e quando chegou o período de receber novamente ela foi abordada por Hiolanda Pitombeira que disse que ela não iria mais receber nada.  A senhora procurou o Blog e falou a forma como tinha sido tratada na secretaria de Codó.

Dona Maria andou meses e meses a pé para a secretária para ter a chance de receber essas cestas básicas, esperou e esperou dia e noite a visita do pessoal da secretaria que nunca foram em sua casa, andou dias e noites atrás da blogueira Ramyria Santiago pedindo uma ajuda pra poder receber as cestas e quando chegou sua vez, foi despachada por Hiolanda.

O Blog da Ramyria Santiago lamenta muito a forma como nosso povo vem sendo tratado em Codó. VEJA VÍDEO COMPLETO 

FUNCIONÁRIO DO FÓRUM DE JUSTIÇA EM CODÓ E DONO DA FACULDADE UNINTER APLICA GOLPES EM ALUNOS EM NOME DA UNINTER.COM:  FREDSON MEDEIROS O NOME DELE

Prédio da Uninter na rua Cônego Mendonça

Entenda o caso: A universidade Uninter em Codó fica localizada na Rua Cônego Mendonça, centro e é administrada por Fredson Medeiro, que também é funcionário do Fórum de justiça de Codó.  A faculdade entrou em contato com a equipe do Programa Alerta Codó no ano de 2020 querendo uma parceria comercial, a parceria foi fechada na presença de editores e cinegrafistas. Fredson Medeiros sugeriu que a apresentadora do Programa que estuda jornalismo transferisse sua matricula para a Uninter e em vez de Fredson pagar pelos comerciais da televisão, ele iria dar uma bolsa totalmente grátis, e em troca das divulgações da faculdade dele que ficaria todas de  graça,  pois bem, foi feito conforme o gestor da Uninter FREDSON pediu. O Programa Alerta Codó passou a divulgar a faculdade e logo foi também feito a transferência de faculdade antiga, para a uninter e logo iniciou as aulas, tarefas e provas.

  A faculdade UNINTER não abre com frequência como as demais, e sempre abre em horários pela tarde e não é todo os dias, a faculdade também não tem uma secretária ou atendente no local, por isso está sempre de portas trancadas.

Temos inúmeras gravações e VTS da instituição, além das inúmeras perdas de tempo de repórteres e cinegrafista que foram fazer o trabalho de filmagem no local e sempre encontraram de portas trancadas. Pois bem, FREDSON Medeiros após encerramento do período na faculdade não honrou com o compromisso e foi descoberto que todas as parcelas do curso estavam em atraso, o nome da aluna ja no SPC, as provas e atividades ele apagou tudo do sistema da Uninter, ligações e email constantes de cobranças chegam 24hs para o programa.

Fredson Medeiros usou seu poder a frente da universidade para manipular e mentir para a equipe, e aplicar o golpe do falso anúncio. A agora a aluns esta totalmente prejudicado, pois além de perder o período, tudo foi apagado no sistema por ele e isso tudo só foi descoberto no final do período.

O período fechado do acordo não foi cumprido por FREDSON e a aluna está com uma dívida enorme na faculdade sem saber de nada, e recebeu agora a carta do SPC E SERASA.  O sistema da Uninter foi modificado por FREDSON em uma forma de prejudicar ainda mais uma a aluna, ou de silenciar e sumir com as provas, até as notas desapareceram do sistema . O Blog da Ramyria Santiago recebeu informações de que não é a primeira vez que ele faz isso, que FREDSON tem fama  de ser enrolado e aplicar golpes.

O golpista- FREDSON Medeiros

SUPOSTA OMISSÃO DE INFORMAÇÕES POR PARTE DO PREFEITO DE CODÓ DR JOSÉ FRANCISCO ESTÁ SENDO INVESTIGADO PELO MPMA

O Ministério Público do Estado do Maranhão (MPMA) abriu um Inquérito Civil (IC) para apurar possível omissão no recebimento de documentos, da Câmara Municipal de Codó/MA, vereador ou qualquer cidadão, pela Prefeitura Municipal de Codó/MA, bem como omissão de informações, solicitadas, impedindo a fiscalização, assegurada constitucionalmente, a ser exercida pelo Poder Legislativo Municipal, bem como o acesso à informação, garantido em lei.

A abertura do IC teve como base a demanda originada da Representação protocolada pelo vereador Leonel Filho, com solicitação de pedido de providências do MP, devido ao não recebimento, com protocolo, de expedientes dos Parlamentares de oposição, pela Prefeitura Municipal de Codó/MA.

A 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Codó encaminhará ofício ao Prefeito Zé Francisco, requisitando esclarecimentos acerca da recusa em receber os requerimentos do representante ou de qualquer outro vereador de Codó, com a comprovação documental de eventual atendimento desse tipo de requerimento, fazendo constar no ofício a advertência acerca das responsabilidades pelo descumprimento das requisições do MP.

O MP também recomendará ao Prefeito Municipal, o atendimento de todos os requerimentos de que trata a presente representação, no prazo de 10 (dez) dias, sob pena de responsabilidade por violação aos princípios que regem a Administração Pública, principalmente a legalidade e a publicidade, devendo tal cumprimento ser comprovado ao MP no mesmo prazo.

A Portaria foi disponibilizada hoje (19/07) no Diário Eletrônico do Ministério Público (DEMP/MA).