Blog da Ramyria Santiago -

FUNCIONÁRIOS DO LABORATÓRIO DO HOSPITAL HGM PEDE SOCORRO!”Não tem lugar pra sentar, péssimas condições de trabalho, não tem mais materiais pra exames, as máquinas todas quebradas, nossos salários abaixo da média e o chefe do setor com sua namorada humilha todos nós  e desdenha do prefeito e diz que “ele não pode fazer nada pra mudar a situação, o povo quis o prefeito pois agora aguentem as consequências.”

O texto enviado ao blog da Ramyria Santiago pelos funcionários do laboratório do hospital HGM de Codó trás uma revoltada e muita indignação. Leia abaixo o que dizem os funcionários do laboratório do hospital. LEIA

Indignação dos funcionários do laboratório do Hospital Geral de Codó HGM!
Ninguém aguenta mais ser tratado com indiferenças e perseguições. O atual coordenador do laboratório Adilson Guimarães vive oprimindo e perseguindo os funcionários, ele juntamente com sua namorada Keila estão tocando o terror. Não aguentamos mais isso, opressão, desigualdade e falta de respeitos! NÃO aguentamos mais essa humilhação. Nem lugar pra sentarmos estamos tendo, péssimas condições de trabalho, não tem mais materiais pra realização de exames, nossas máquinas saíram daqui com a esperança de retorno e até agora nada, nossos salários abaixo da média e o chefe do setor não faz o mínimo de esforço pra reverter essa situação, pelo contrário desdenha do prefeito e diz que “ele não pode fazer nada pra mudar a situação, o povo quis o prefeito pois agora aguentem as consequências”. É só perseguindo os funcionários, nos humilhando e mostrando que ele é superior e que se tivesse no nosso lugar não aceitaria os cargos pelo baixo valor salarial. Não aguentamos mais. O laboratório pede SOCORRO, declaramos CALAMIDADE. Nos ajude, talvez assim o prefeito e a secretaria de saúde enxergue o lobo vestido na pele de cordeiro que é esse Adilson juntamente com sua namorada Keila.
 SOCORRO!
Vamos todos os dias trabalhar oprimidos, com medo de demissões ! Isso já passou dos limites
Somos humanos e merecemos um coordenador que acrescente e que esteja disposto a trabalhar
E não um coordenador pra nós amedrontar, nos humilhar, nos perseguir.
Depois que ele chegou todos estamos abalados emocionalmente porque o ditador não para!
A ditadura acabou mais no laboratório do HGM permanece!
O Emílio Matos apoia tudo isso! Ele é uma marionete que não dá conta de nada dentro do hospital, altamente incompetente pra assumir o cargo de diretor sem entender nada de gestão hospitalar. E a Thaynara secretaria, sabe de tudo isso e compacta com os mesmos. Um governo de opressão, que pede socorro.
Tudo funciona num sistema de “colegagem” onde só tem vez que é parente e amigo (como o caso retratado na matéria anterior da professora Socorro Rocha).
Prefeito cadê você?
Está se omitindo nos principais pontos onde ele deveria estar.
Ia mudar a saúde em 3 meses…
No laboratório não tem insumos, chegam os pacientes da zona rural e não tem nem os exames básicos (urina, fezes, hemograma, trompinina e CKMB (enzimas cardíacas)
E não está sendo feito nada para mudar esse cenário.
Tudo isso estava entalado
Achamos um socorro no teu blog

Com tudo isso exposto, o senário pode melhorar e a população só tem a ganhar com uma saúde de qualidade que foi proposta na campanha e até agora NUNCA FUNCIONOU!
A população tem que entender que saúde é o básico que merecemos diante de um governo liderado por um médico! E não temos. Mais uma vez fomos manipulados por uma mudança radical na melhoria da nossa saúde e até agora nada foi cumprido!
 Todos eles estão ricos e a população não tem direito a nenhum exame de urina. Isso é certo? Porque para nos funcionários não está sendo !
Cansamos dessa opressão!
Cansamos dos nossos salários abaixo da media
 Basta conversar com outras pessoas tudo se resume a esse tipo de confusão. Seja nos setores de Assistência social com a dona (Iolanda cunhada do prefeito), no setor da Educação (com relatou a professora Socorro) sobre o último acontecido, setor da saúde como (Emílio Matos no topo, e chefes de setores como Neidina e Adilson). Pessoas escolhia a dedos para perseguir os que trabalham para o bem da população e se beneficiando de cargos que deveriam ser ocupados por pessoas competentes que prezem pelo bem da saúde, pela educação, pelo desenvolvimento, pela igualdade social do povo codoense.

Categoria: Notícias

    Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

    *