Blog da Ramyria Santiago -

EM CODÓ SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO RAQUEL PAULA VAI GASTAR R$ 7 MILHÕES  EM 3 MESES COM EMPRESA INVESTIGADA PELA POLÍCIA FEDERAL. A EMPRESA COSTUMA DAR MUITOS GOLPES E TODOS SABEM.

O Blog da Ramyria Santiago recebeu  documentos, explicando que a secretária de educação de Codó, Raquel Viera Paula Ferreira, contratou uma empresa por meio de Ata de Registro de Preço, por valores exorbitantes, para fazer execução de serviços de manutenção preventiva e corretiva, reforma ou adequações de prédios e logradouros públicos por exatos: R$ 7.240,913, 03 (SETE MILHÕES, DUZENTOS E QUARENTA MIL, NOVECENTOS E TREZE REAIS E TRÊS CENTAVOS). A empresa já é investigada pela Polícia Federal por dar golpes em várias prefeituras do Maranhão.

Perdendo a noção e sem respeitar os trâmites legais, e fazendo ouvido de mercador para o Ministério público, o prefeito de Codó José Francisco e a secretária de educação pretendem gastar esse valor todo em apenas três meses. Isso mesmo. Zé Francisco quer gastar em apenas TRÊS MESES todo esse valor. De acordo com o CNPJ da empresa, a mesma fica localizada na Av. Principal, quadra 0001, Raposa-MA.

ENTENDA QUEM É A  EMPRESA INVESTIGADA CONTRATADA PELO PREFEITO DE CODÓ E A SECRETÁRIA RAQUEL PAULA.

A referida empresa já responde a vários processos na justiça por dar golpes em várias prefeituras do Maranhão, dentre elas, a prefeitura de Anapurus, onde a prefeita Vanderly Monteles também terá que explicar ao TCE sobre o uso de dinheiro público para pagamentos com serviços fantasmas com a GPA CONSTRUÇÕES E SERVIÇOS.

E TEM MAIS PREFEITURAS ENROLADAS COM A EMPRESA.

Já na prefeitura de Axixá, a PF está na cola da prefeita e também dos empresários da empresa Glabson de Jesus e Paulo Henrique, que já são investigados e tem um inquérito que mostra uso irregular de precatórios do Fundef junto à prefeitura. No município do Godofredo Viana os referidos empresários também estão sendo investigados. Em Maracaçumé a polícia também está na cola do prefeito e da empresa. Em Chapadinha a GPA também já foi denunciada, assim como em Pinheiro.

A Prefeitura de Codó, fingindo que o MP não tem visto nada, o prefeito de Codó faz de conta que essas licitações duvidosas não estão sendo vistas pelas autoridades. 

Categoria: Notícias

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatório são marcados *

*