MOTOTAXISTA É EXECUTADO EM COROATÁ

20151222191218 (1)-horz

A noite de ontem terça-feira (22/12/2015) foi marcada por dois assassinatos em menos de 6 horas em Coroatá. O último deles aconteceu no Povoado Alegria, zona rural da cidade.

O mototaxista conhecido como “Preto” foi alvejado por pelo menos seis disparos de arma de fogo e morreu no local. O crime, segundo a polícia, tem todas as características de execução, já que os autores não levaram nada da vítima, até a moto foi deixada.

De acordo com o que a redação do Coroatá Online apurou, o mototaxista era jurado de morte, depois de ter reagido a um assalto e matado o assaltante.

A polícia ainda não se pronunciou sobre o caso, mas segue com as investigações.

Mas cedo, um homem identificado apenas como Walysson, que vende guaraná da Amazônia, foi executado no bairro do Cajueiro, em Coroatá. Dois homens em uma moto chegaram na banca onde o rapaz trabalhava e um deles travou briga corporal com a vítima. Logo em seguida o condutor da motocicleta sacou a arma e atirou na cabeça de Walysson, que ainda tentou fugir, mas caiu agonizando e morreu minutos depois [veja aqui].

Suspeitos podem ser os mesmos autores dos dois crimes

É uma hipótese que surgiu nas redes sociais e apesar da polícia não confirmar – mas também não descartar – os dois crimes podem sim terem sido praticado pela mesma dupla. Há informações repassadas logo após o primeiro assassinato, que um dos suspeito teria dito que “uma outra pessoa seria morta”. No grupo do JM/106,3, onde a notícia chega com rapidez, a conversa foi divulgada. Confira abaixo:

20151222191218

CategoriaNotícias de CoroatáPolícia CTA

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO MIRANTE 870 AM


Ramyria Santiago

Publicidade

Publicidade

Visite-nos e compre no Paraíba!

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

FC OLIVEIRA

Publicidade
Visitas Online!
Arquivos