Blog da Ramyria Santiago - | Ramyria Santiago

BLOGUEIRO MARCO SILVA DECLARA QUE FRANCISCO NAGIB É O MELHOR PREFEITO DE CODÓ. VEJA VÍDEO.

A Prefeitura Municipal de Codó realizou, na noite de domingo (27), a tradicional Festa do Servidor. O evento ocorreu no Clube Tio San e contou com a animação de várias bandas locais.

Na presença de milhares de pessoas, autoridades, imprensa e do  prefeito de Codó FRANCISCO NAGIB, o blogueiro Marco Silva se declarou pra mulher Elina Tássia e afirmou que  depois de ter conhecido a esposa ele deixou de ser muleque pra ser  um homem e largou a vida de bandido e virou um herói e declarou para todos que estavam  presentes no  evento   que FRANCISCO NAGIB é o melhor prefeito de Codó.

EM CODÓ PAI É PRESO APÓS ESTUPRAR A PRÓPRIA FILHA DE 11 ANOS, A MENINA CONTOU DETALHES A PM.

Foi preso em Codó o acusado Francisco da Silva de 39 anos de idade depois de ter ameaçado de morte  um idoso de 77 anos de idade, agredir sua esposa com socos e pontapés, tentou Matar seu enteado e ainda estuprou sua filha de 11 anos de idade. Tudo isso aconteceu no Povoado Abreu, zona rural de Codó.

 

A própria filha de 11 anos confessou para a Polícia Militar como foi o estupro e tudo que ele fez com ela. Moradores informaram que ele toca o terror no Povoado quando está bêbado.

O acusado já é foragido da justiça de São Paulo por agressão a mulher e porte ilegal de arma de fogo.

PRESA EM CODÓ MULHER QUE RAPTOU BEBÊ DE 1 ANO E 7 MESES NO PARÁ.

A POLÍCIA CIVIL DO MARANHÃO DESVENDA RAPTO DE CRIANÇA PARAENSE

Polícia Civil do Maranhão, através da Superintendência do Interior e sua 14ª Delegacia Regional, em operação com a Polícia Civil do Pará resolveu, nesta quinta-feira (24), o caso de rapto de um bebê ocorrido no município de Itaituba/PA e deu cumprimento a mandado de prisão preventiva, oriundo da Vara Criminal da cidade de Itaituba/PA, em desfavor de Josilene do Socorro Brandão Silva, em face dos crimes capitulados nos Art. 149-A IV e 242 do CPB.

Na ocasião do rapto a criança, que tinha apenas um ano e sete meses, retirada dos pais na cidade de Itaituba/PA, onde a suspeita presa hoje havia falsificado toda a documentação da criança e subtraído a mesma ainda com tenra idade.

Em depoimento, Josilene disse que queimou todos os documentos referentes à adoção.
A autora tinha um mandado de prisão em aberto contra si por conta do referido crime, mandado que foi cumprido na tarde de hoje na cidade de Codó/MA.

Após as formalidades a autora será enviada ao sistema prisional de onde deve ser levada para cumprir pena no estado do Pará, de onde veio o mandado de prisão em seu desfavor.

A criança já foi inserida no sistema de garantias tendo sido acionada à Justiça da Infância para providências.

Texto-Polícia CIVIL