Blog da Ramyria Santiago -

Vereador Pedro Belo e correligionários participam Conferência Estadual Extraordinária do PCdoB

GetAttachment (2)O vereador codoense Pedro Belo e filiados do PC do B de Codó participaram no ultimo fim de semana do ato político da Conferência Estadual Extraordinária do PCdoB no Maranhão. A abertura aconteceu no dia 8, às 18h, no auditório Fernando Falcão, na Assembleia Legislativa do Maranhão. O evento contou com a presença do governador Flávio Dino e da deputada federal Luciana Santos (PCdoB-PE, que assumiu a presidência nacional do partido em substituição a Renato Rabelo.GetAttachment

Estavam presentes ainda o secretário nacional de Organização, Walter Sorrentino, entre outros dirigentes nacionais da legenda, além de representantes de diversos partidos e lideranças do campo político que sustentam o governo do estado, além de militantes de movimentos sociais, estudantes, intelectuais, ativistas do meio artístico, entre outros.

O ato político de abertura no dia 8 ai teve ainda a participação Márcio Jerry, presidente estadual do partido, “A Conferência estadual representa um momento rico, o ponto elevado de debate dos militantes comunistas em todo o estado para elevar, cada vez mais, a mobilização popular”, declarou. Já no dia 9 o evento ficou restrito aos militantes partidários, já que o objetivo da Conferência foi debater o novo quadro político aberto no Maranhão, com a eleição do primeiro governador comunista do país.GetAttachment (1)

De acordo com o vereador Pedro Belo também foram abordados os desafios do PCdoB e do conjunto de forças políticas do campo anti-oligárquico, além da nova realidade do partido, que possui grandes perspectivas de um governo voltado para a superação das desigualdades sociais.

“Fomos representar nossa cidade de Codó e realizar esse grande intercâmbio com a militância do PCdoB em todo o Estado. Estamos todos irmanados e empenhados nessa grande caminhada de mobilização social para renovar a decisão da grande mudança conquistada pelo povo nas últimas eleições. Todos estamos muito felizes com as perspectivas do governo Flavio Dino e a grande mudança para um Maranhão mais justo e de bem estar social”, disse o parlamentar.

Assessoria de Imprensa

FACEMA é mais uma instituição de ensino disposta a implantar o curso de medicina em Codó

GetAttachment (4)Esta semana Codó recebeu a visita de mais uma instituição interessada em implantar o curso de medicina na cidade. O representante da FACEMA, Marcos Aurélio, diretor acadêmico da faculdade, participou de reuniões com coordenadores da saúde do município, conheceu a realidade da capacidade de Codó para ter sido pré-selecionada e tomou propriedade especifica de todos os dados exigidos. O diretor também foi recebido pelo Prefeito Zito Rolim, onde expressou ter ficado bem impressionado com a capacidade e o potencial da cidade.

“Ficamos muito satisfeitos com o que vimos. E a priori o município atende todas as exigências mínimas necessárias para receber o curso. Sabemos que Codó foi contemplada pelo edital do Ministério da Educação e Ministério da Saúde como uma das três cidades maranhenses a receber um curso de graduação em medicina, por meio do programa Mais Médicos, é de interesse nosso participar desse projeto”, afirmou.

Visita marcada para junho

No mês de junho, o município de Codó receberá ainda a visita da comissão do Ministério da Educação e de representantes da FACEMA. Na ocasião serão observados e verificados todos os requisitos exigidos no edital para a vinda do curso de medicina para a cidade de Codó. Para o prefeito Zito Rolim, esse fato será um marco para o crescimento e desenvolvimento do município.

“Não temos dúvidas que nosso município será contemplado, uma vez que já fomos selecionados. E a visita hoje dessa instituição de ensino foi muito proveitosa, onde se avaliou de forma muito positiva tudo o que se pôde observar. O representante da FACEMA deixou bem claro que nosso município está apto para que seja instalado o curso de medicina, e que com muito orgulho será um marco para nossa administração e para história de Codó”, finalizou o prefeito.

Ascom – Prefeitura Municipal de Codó

Audiência sobre Segurança: Vereador Pastor Max lamenta ausência de secretário e apresenta suas proposições

GetAttachment (2)Na oportunidade da Audiência sobre Segurança Pública, ocorrida no último dia 7 na Câmara Municipal de Codó, O vereador Pastor Max (PT do B) discutiu sobre a situação com as autoridades presentes e colocou alguns pontos importantes que podem ajudar no combate a violência. “O estado de medo em que vivemos é uma questão social, sim é verdade, é um problema de saúde pública, e muitas vezes familiar, e até mesmo espiritual. Pois quantas vidas não têm sido resgatadas através da Igreja do Senhor Jesus? Mas é preciso esclarecer que também que é uma questão estrutural e isso é inquestionável”, pontuou o edil.

Condições de trabalho para as forças de segurança

O Vereador preconizou sobre a urgência em novos investimentos para as forças de segurança do Estado, o que irá refletir diretamente na melhora da segurança nos municípios maranhenses. “É nítido que falta condições de trabalho para que nossos bravos policiais, tanto militares quanto civis, exerçam seu papel institucional com sucesso e dando uma resposta satisfatória para nossa sociedade. A atual situação não é culpa do atual governo, mas sim é a soma da falta de investimentos em segurança ao longo de muitos anos”.GetAttachment (3)

Ausência do Secretário de Segurança Pública

O parlamentar lamentou a ausência do Secretário de Segurança Pública do Estado na audiência. “O pior é que nós vamos reivindicar para quem não tem o poder de resolução. Daí me entristece a ausência do Secretário de Segurança, mesmo que ecoando nos seus ouvidos lá em São Luís, no seu gabinete com ar condicionado, mas não é a mesma coisa se ele estivesse aqui para sentir na pele o que o povo de Codó está sentido”.

Veja algumas demandas e propostas apresentadas pelo vereador Pastor Max

– Mais dois distritos policiais na sede do município, principalmente em bairros populosos e grande vulnerabilidade social como Codó-Novo e Trizidela.

– Mais investigadores

– Subdelegacias nos Distritos de Cajazeiras e Km 17

– IML com peritos que atendam a demanda e dê uma resposta rápida para nossa sociedade.

Alerta Social

– Na Escola Renato Archer os vândalos tomaram de conta da quadra da escola. Lá eles são quem dizem se os alunos vão usar ou não aquela quadra.

– Na Escola Priscila Reis eles acabaram com a quadra da escola (derrubaram muros, quebraram lâmpadas, usam drogas dentro da escola e os professores não podem dizer nada que são ameaçados. Para nosso espanto senhores, já foi visto até relação sexual durante o dia na frente das turmas de crianças. É um absurdo.

– Na quadra do São Vicente Pallotti eles também tomaram de conta de uma quadra nova que já está totalmente depredada e não deixam os alunos usarem.

– Precisamos de um Centro de Ressocialização que realmente cumpra com seu papel institucional e social e não apenas sirva como depósito de gente.

Eu me pergunto, será que isso resolverá o problema do homem corrompido pelo pecado? Talvez não, mas dará uma resposta satisfatória para nosso povo e garantirá o direito estabelecido em nosso constituição de oferecer segurança para todos.

Ascom

A Secretaria Municipal de Saúde informa sobre o dia “D” da Campanha Nacional de Vacinação Contra Gripe

Karen-CruzA Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Coordenação de Vigilância em Saúde, informa que o primeiro lote da vacina contra influenza (gripe) já foi encerrado. O Ministério da Saúde só havia disponibilizado 5.200 doses, atendendo apenas 17% do público alvo. Para continuar atendendo a demanda e realizar a vacinação no dia 9 de maio, o dia “D” da campanha, a Coordenação de Vigilância em Saúde estará recebendo amanhã (8) mais um lote de vacinas.

Portanto, as pessoas que não encontrarem a vacina nas Unidades Básicas de Saúde nas próximas horas, pedimos que tenham paciência e aguardem o reabastecimento dos postos, que será realizado sexta-feira, dia 8, a tarde. Mais uma vez lembramos a população de Codó para o dia 9 de maio, Dia “D”. Dia da mobilização social para a Campanha Nacional de Vacinação Contra Gripe.

Ascom/ Prefeitura Municipal de Codó

Juiz de Codó inocenta Zito e Guilherme no processo da suposta compra de votos na campanha de 2012

zito-e-guilhermeO prefeito de Codó, Zito Rolim e o vice, Guilherme Archer venceram na Justiça Eleitoral o Processo Nº. 254-47.2012.6.10.0007 – com REPRESENTAÇÃO ELEITORAL por Captação Ilícita de Sufrágio, feita pela coligação “União por Codó”, do ex-candidato a prefeito Francisco Nagib e coligação “A Vontade do Povo”, do ex-prefeito Biné Figueiredo. Na Representação foram anexadas imagens (vídeos) onde Zito Rolim e Emanuel Coimbra, funcionário da prefeitura aparecem na casa de uma família entregando algo para os eleitores, atitudes vistas pelos representados e o Ministério Público Eleitoral como compra de votos. Segundo consta nos autos do processo, nos vídeos Zito e Emanuel entregam dinheiro aos eleitores em troca de votos durante a campanha eleitoral de 2012.

A defesa de Zito e Guilherme sempre trabalharam na linha de que houve armação e que, portanto, os vídeos apresentados não servem como provas lícitas, além de violar os direitos à privacidade. Para o Ministério Público Eleitoral, não há dúvida, Zito promoveu compra de votos e a promotora Linda Luz Matos Carvalho emitiu Parecer à Justiça Eleitoral requerendo a cassação dos diplomas de prefeito e vice (Zito e Guilherme, respectivamente) e a suspensão dos direitos políticos dos dois por 08 anos.

Foto: reprodução/TV Globo News

Em manifestações finais, a representante do Ministério Público Eleitoral, às fls. 769/777, afirma não haver violação a intimidade ou a vida privada dos representados quando da gravação das imagens constantes nos DVDs, tendo as mesmas como lícita, posto que os fatos lá veiculados constituíram-se em atos públicos de campanha dos representados. Afirma, ainda, não ser exigível qualquer nexo de causalidade entre a conduta e o resultado da eleição, tampouco a potencialidade para alterar o resultado. Dessa forma, entende que restou caracterizada a conduta descrita no art. 41-A da Lei 9.504/97, requerendo a cassação do diploma e a declaração de inelegibilidade dos representados“.

Mas o juiz de Codó, AILTON GUTEMBERG CARVALHO LIMA, titular da 7ª Zona Eleitoral, entendeu que não. Para o magistrado as gravações não servem como provas e desconsiderou os depoimentos das testemunhas e informantes ouvidos durante o andamento do processo. Sua decisão ocorrida no dia 04 de maio de 2015 e publicada no Diário Oficial da Justiça Eleitoral desta quinta-feira (07/05), o juiz decidiu pela IMPROCEDÊNCIA DA REPRESENTAÇÃO CONTRA O PREFEITO DE CODÓ, ZITO ROLIM, O VICE, GUILHERME ARCHER E EMANUEL COIMBRA.

Para justificar sua decisão, o juiz se fundamentou em alguns depoimentos como o do proprietário da casa onde as câmeras foram instaladas e do funcionário da empresa de Monitoramento que fez a gravação dos vídeos. Veja:

De início vamos a alguns trechos dos depoimentos das testemunhas e informantes ouvidos em audiência. Depoimento do informante Francimar de Almeida Salazar(fls. 160/163): (…) Que Gilberto lhe procurou para instalar as câmeras no mesmo dia da caminhada e do vídeo que foi gravado; Que Gilberto não lhe disse para que queria filmar o primeiro representado dando dinheiro (…) (fls. 161-V)“.

Mais adiante continua:

Que Gilberto lhe ofereceu R$ 100,00 para efetuar as gravações em sua casa; (…) Que Gilberto chegou em sua casa, perguntado se o informante não queria ganhar um dinheirinho extra, e para isso deveria permitir a instalação das câmeras para filmar o primeiro representado entregando dinheiro, pois o mesmo estava fazendo isso em todas as casas (fls. 162); Que sabia que na sala estava havendo uma gravação; Que quando levou Zito para a sala, a finalidade era justamente a filmagem do fato (…) Que não sabe dizer se Zito lhe daria dinheiro se não pedisse (fls. 162-V) (grifei)”.

Depoimento do informante Gilberto da Silva Abreu (fls. 245/248).

Que confirma que esteve na casa de seu Francimar para colocar as câmeras para produzir os vídeos; (…) Que procurou Francimar pela amizade que tem com o mesmo, ao passo que este logo aceitou, mas não combinou preço para produção do vídeo; Que Francimar aceitou desde que o representado lhe desse alguma quantia, e como este lhe falou que recebeu somente R$ 50,00, perguntou se o informante não tinha como lhe dar mais (…)“.

Foto: reprodução Globo News via Youtube

De acordo com o juiz Ailton Gutemberg houve preparação de cenário para gravação e que não há como afirmar que Zito estava comprando votos, uma vez que as imagens não contem áudio. “Os trechos dos depoimentos acima transcritos, demonstram uma prática juridicamente abominável, pois num primeiro momento prepara-se uma verdadeira armadilha com colocação de câmeras e orientações de posicionamento e diálogos, para num instante seguinte atrair os representados até o local e, de maneira insistente, persuadi-los a participarem de uma gravação da qual não tinham qualquer conhecimento. Não estamos avalizando qualquer prática de captação ilícita de votos, posto que não há como afirmar, neste autos, que o candidato a prefeito de Codó, Zito Rolim, tenha pago qualquer quantia aos eleitores em troca de votos, uma vez que pela ausência de áudio nos vídeos não há como presumir-se o teor dos diálogos, mormente quando as testemunhas arroladas em nada acrescentaram em seus depoimentos, sendo em sua grande maioria ouvidas como informantes“, consta na Decisão.

Conforme o juiz, “A Justiça Eleitoral não pode dar guarida a tais artimanhas políticas, posto que, ainda que tenha dado alguma vantagem indevida aos eleitores, os ora representados o fizeram após toda uma preparação do flagrante (…). Vê-se que no caso dos autos, demonstra-se a ocorrência da preparação do flagrante com fins absolutamente escusos por parte de seus autores, sendo tal prática reiteradamente rejeitada pela doutrina e jurisprudência pátrias. O flagrante preparado constitui modalidade de ilícito impossível, pois, embora o meio empregado e o objeto material sejam idôneos, o conjunto circunstancial previamente preparado elimina totalmente a possibilidade da produção do resultado, de forma que, ao ser provocado por terceiro, o autor não age de forma livre e espontânea, estando sua vontade viciada pela instigação alheia, o que torna sua conduta atípica. A hipótese dos autos se assemelha ao que se conhece na seara penal como flagrante preparado“.

Os demais fatos constantes dos autos não apontam no sentido de ter havido captação de sufrágio. Pelo exposto, JULGO IMPROCEDENTE a presente Representação Eleitoral em desfavor de JOSÉ ROLIM FILHO e GUILHERME CEPPAS ARCHER, respectivamente diplomados prefeito e vice-prefeito do Município de Codó/MA e EMANUEL BARBOSA COIMBRA.

Publique-se. Registre-se e Intime-se.
Cientifique-se o Ministério Público Eleitoral.
Codó (MA), 04 de maio de 2015″.

Juiz AILTON GUTEMBERG CARVALHO LIMA
Titular da 07ª Zona Eleitoral

Confira, na íntegra, a decisão do juiz de Codó, nas páginas de 11 a 15 do Diário Oficial da Justiça Eleitoral. Clique TRE-MA-79-2015 para download.

Motociclista morre em acidente na MA-026 entre Codó e Timbiras

20150507092209Pelo menos uma pessoa morreu num acidente ocorrido no da manhã desta quinta-feira (07), na MA-026 no trecho entre as cidades de Codó e Timbiras. Conforme as informações que chegaram à Redação do blog, se trata de um jovem que reside em Timbiras.

O Blog está apurando a identificação da vítima e as causas do acidente. Até então, temos apenas notícia, comprovado por meio da fotografia abaixo, que, de fato, hou o óbito do rapaz que estava pilotando a motocicleta. O corpo foi levado para Codó e está no Morgue do hospital Geral Municipal.

UM ATO SOLIDÁRIO! MÃE COM 9 FILHOS PEQUENOS PASSA FOME EM CODÓ.

20150505_102055 A senhora Maria Dalva de 44 anos, hoje passa por um momento de muita dificuldade. Ela tem nove filhos o mais velho tem apenas 13 anos de idade, ela é mãe solteira não possui nenhuma renda pra sustentar todas as crianças.

Dona Maria Dalva hoje vive em situações precárias, sua casa esta caindo aos pedaços ,é feita de barro e as paredes já não aguentam mais um dos cômodos da casa é dividido somente com os talos da parede, os buracos são enormes onde de longe se percebe a precariedade.20150505_102423

As crianças em grande quantidade e pedem a mãe constantemente comida, biscoitos, e ela só chora porque não tem o que oferecer pra elas, a mãe cai aos prantos e os filhos o peguntam porque a senhora esta chorando mãe e la diz por nada meu filho, esta tudo bem é uma forma de acalmá-los.

Ao chegáramos a sua casa ela nos mostrou a única panela onde cozinhava um pouco de feijão  em um simples fogareiro,aquela seria a refeição das crianças e teria que deixar também um pouco para a janta. Maria Dalva chora e pede as pessoas de bom coração que queiram ajuda-la com alguns alimentos, roupas pras crianças,calcados ou ate mesmo quem puder ajudar com matérias de construção para que ela possa levantar a sua casa de apenas de três cômodos.

20150505_102232Moveis dentro de sua residência ela também não tem, cama não há. Nos relatou que o único comercio que compra alimentos esta atrasado e já não pode mais comprar e todos estão passando muita necessidade e não sabem mais o que fazer.

Só lhe resta o apelo as pessoas de bom coração que tiver móveis usados, roupas que já não servem mais, calcados ou ate mesmo material de construção ou uma cesta básica será muito bem vindo.

A família reside na rua são João bairro são Francisco n 1329. Ninguém perde por ajudar ,pelo contraio só tem a ganhar fazei o bem a quem precisa contatos para quem queira fazer alguma doação(99)988386425 ou entre em contato com o nosso blog.