Prefeito de Codó se reúne com Agentes de Saúde e concede adicional de insalubridade de 20% aos profissionais da categoria

Após mais de uma década de espera, os Agentes Comunitários de Saúde (ACS) de Codó finalmente viram uma longa batalha chegar ao fim. Em uma reunião histórica realizada nesta sexta-feira, 8, o prefeito Dr. Zé Francisco anunciou uma medida que há muito tempo era esperada pela categoria: a garantia do adicional de insalubridade de 20% em suas remunerações.

O embate se estendeu por mais de 15 anos, atravessando gestões anteriores desde a promulgação da Lei N.º 1.495, de 20 de outubro de 2009, a qual estabelece no artigo 8 o direito ao adicional de insalubridade aos Agentes Comunitários de Saúde. A medida, que já estava prevista por lei, finalmente se torna uma realidade para esses profissionais que desempenham um papel vital na promoção da saúde da população codoense.

Em seu discurso, o prefeito Dr. Zé Francisco lamentou o descaso das administrações anteriores em relação à saúde e segurança dos Agentes de Saúde. “Não consigo entender por que os ex-prefeitos não se preocuparam com a saúde e segurança desses profissionais que tanto se dedicam para beneficiar a saúde da nossa população codoense”, declarou o prefeito.

A presidente da Associação dos Agentes Comunitários de Saúde, Rosilda, expressou sua gratidão pelo compromisso assumido pelo atual gestor municipal. “O prefeito Dr. Zé Francisco decidiu garantir um direito que há muito tempo nos era negado. Após anos de luta, finalmente vemos essa conquista se concretizar. Não entendíamos por que essa insalubridade não havia sido paga anteriormente em outros governos”, destacou Rosilda.

A partir do mês de abril deste ano, os Agentes Comunitários de Saúde de Codó receberão o adicional de insalubridade de 20% em suas remunerações, conforme anunciado pelo prefeito durante a reunião. Essa medida será aplicada enquanto os profissionais estiverem expostos a agentes insalubres no exercício de suas atividades.

Essa conquista representa não apenas o reconhecimento da importância do trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde, mas também um passo significativo na valorização desses profissionais tão essenciais para a saúde e bem-estar da população codoense.

Um Comentário

  1. Gosto muito de suas reportagem
    Mas vc tem que verificar as coisas não e verdade ze Francisco através da prefeitura deu somente 10% e não foi aumento e insalubridade são direitos adquirido ao tempos e ainda dividiu 3% em abril 3% em julho 4% em outubro para fechar os 10% e que no momento ele só cumpriu com a lei todos estão sabendo como funciona e esse tipo de fala não gera voto pelo contrário faz e tirar voto só um conselho. a categoria já tinha 10% da época do Zito só para esclarecimentos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO MIRANTE 870 AM


Ramyria Santiago

Publicidade

Publicidade

Visite-nos e compre no Paraíba!

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

FC OLIVEIRA

Publicidade
Visitas Online!
Arquivos