MULHER MORRE POR NEGLIGÊNCIA DO MUNICÍPIO E SECRETARIO DE SAÚDE TENTA MAQUIAR O FATO.

O programa Balança Codó, acompanhou de perto o sofrimento de Maria Aparecida Rodrigues, de 36 anos, que sofria com Câncer de Mama.

Foi então o iniciou de sua luta por uma Cura,onde ela procurou então o Coordenador do TFD-Tratamento Fora do Domicílio e o então Secretário de Saúde do Município para que lhe ajudassem em seu tratamento, que era feito no Hospital São Marcos em Teresina PI.

VEJA O VÍDEO ONDE ELA CLAMA POR AJUDA.

Segundo o irmão de Maria Aparecida, durantes cinco meses ele correu atrás desse tratamento e não obteve nenhuma resposta positiva, e nada fizeram por está mulher,
quando o irmão chegava na Secretaria, era sempre a mesma coisa, pediam para eles aguardarem e diziam que iriam ligar pra ela no dia seguinte.Mais ela nunca recebeu nenhuma ligação e com isso cinco meses se passaram.

O fato é que o programa Balança Codó (TV Cidade) esteve na residência dela e levou a todos sua real situação, no mesmo dia em que a matéria foi ao ar, uma equipe da Secretária de Saúde foi em sua residência e a levaram para o HGM.

Onde Maria Aparecida, permaneceu por 17 dias esperando ser transferida para Teresina.
Conversamos com a direção do Hospital, na pessoa do Diretor, Lisboa, que recebeu muito bem a nossa equipe e disse que todas as providência já tinham sido tomadas para que ela fosse transferida para Teresina, o motivo de não ter ido ainda, seria por falta de um leito que não tinha,e se surgisse uma vaga pra São Luis ou Teresina, ela seria enviada.

Só que na última sexta-feira (15) ela foi levada as presas para Teresina, pois seu estado tinha piorado, só que já era tarde de mais, ela veio a óbito por volta das 2h da madrugada de sábado,por negligência.Esperou tanto por uma resposta destas autoridades, que nunca veio. Se os responsáveis pela Saúde do Município de Codó tivesse olhado para o caso desta mulher a cinco meses atrás, hoje ela não estaria morta.

VEJA O VÍDEO DE SEUS ÚLTIMOS MOMENTOS NO HGM DE CODÓ.

A Secretaria Municipal de Saúde de Codó,por meio do Secretario Ricardo Torres, ainda teve a discrepância de lançar uma nota dizendo que Durante esse período foi sugerido a todos os pacientes oncológicos a transferência para hospital da capital São Luís. No entanto, no caso de Maria Aparecida Rodrigues de Sousa, a família preferiu aguardar o agendamento para Teresina. Mais uma mentira!! Nem mesmo com a família eles conversaram e se tivesse essa oportunidade de ela ir pra São Luís, claro que a família teria aceitado na mesma hora.

A outra mentira! É que enquanto aguardava a transferência para o Hospital São Marcos, em Teresina, a paciente permaneceu no Hospital Geral Municipal (HGM) recebendo todos os cuidados necessários durante seus 17 dias de internação. Sendo que ela só foi para o HGM nesses 17 dias, porque a TV Cidade  denunciou, pois durante os cinco meses ela esteve em casa sofrendo e chorando de dor todos os dias e ninguém ligou pra ela.

E ainda foi transferida de forma inadequada para Teresina, a Ambulância que ela estava só tinha oxigênio e nem mesmos uma Enfermeira foi com esta paciente.

Nós, lamentamos muito a atitude da Secretaria de Saúde do Município de Codó, achamos que em vez de eles estarem querendo maquiar os fatos, pelo menos façam alguma coisa agora, pelas 6 crianças pequenas que ela deixou, sem Pai e sem Mãe, moram de favor em uma casa caindo aos pedaços. Pelo menos leve algumas cestas básicas a elas, e deem também uma digna Casa do Governo Federal,casas essas que vocês estão acostumados a darem para quem tanto tem e não precisam mais. É o mínimo que podem fazer.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

RADIO MIRANTE 870 AM


Ramyria Santiago

Publicidade

Publicidade

Visite-nos e compre no Paraíba!

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

FC OLIVEIRA

Publicidade
Visitas Online!
Arquivos