POLÍCIA DESCOBRE TRÊS ENVOLVIDOS NA MORTE DO GERENTE DA PAGUE MENOS ENTRE ELES UMA MULHER.  UM DELES FOI APREENDIDO E CONFESSOU O CRIME 

O Delegado da cidade de Coroatá, e demais policiais estão mobilizados desde o momento da descoberta do crime para elucidar o caso e descobrir quem teria matado o gerente da Farmácia Pague Menos e o motivo do crime tão bárbaro.

Em uma resposta rápida a sociedade, foi identificado a primeira pessoa que participou do crime, é um jovem menor de idade, ele tem 17 anos , morador de Coroatá. Por ser menor de idade não podemos divulgar seu nome completo e nem sua foto. O adolescente confessou o crime e indicou o outro homem que também teria participado do crime junto com ele, e temos também uma mulher de 35 anos que também teria participação nessa brutalidade que tirou a vida do Gerente Marcos.

O homem ainda não teve seu nome revelado e já fugiu da cidade de Coroatá e também não é morador do local, a mulher também não teve sua identidade revelada por enquanto.

A polícia encontrou o celular da vítima Marcos Santana Ramos Salazar com o menor de idade, que estava usando o aparelho normalmente como se fosse dele.

O menor além de confessar o crime e indicar os outros autores disse que ele apenas imobilizou Marcos, e que quem teria cortado o pescoço dele e o amarado seria o outro rapaz, ele não teve participação nessa parte, segundo afirmou ele ao delegado.

O Delegado falou também um pouco sobre o caso….

Tanto o menor quanto o outro envolvido residiam em uma pensão ao lado da quitinete da vítima Marcos Santana. O blog da Ramyria Santiago irá trazer todas as informações completas amanhã sobre a suposta mulher envolvida e o outro envolvido, com as informações completas diretamente de Coroatá feitas pelo nosso amigo jornalista Pacheco Filho…

Polícia fala ao Pacheco filho.

 

Em um vídeo, o deputado federal bolsonarista Sargento Fahur comemorou a manutenção da restrição às saidinhas dos presos com a frase “saidinha, agora, só pro cemitério”.

Após a derrubada dos vetos do presidente Lula ao trecho do projeto de lei nº 2.253, de 2022, conhecido como “Lei das Saidinhas”, ficou mantida a restrição aos presos de realizarem visitas a familiares fora do presídio.

Com à vitória da oposição, o deputado Sargento Fahur foi às suas redes comemorar a manutenção da restrição. Em um vídeo postado em seu perfil no Instagram, o deputado diz aos seus seguidores: “A câmara derrubou, e o Senado confirmou. Derrubado o veto das saidinhas. Agora, 19 horas e 20 minutos, terça-feira: saidinha, só no cemitério. Acabou, acabou. Lula, aqui não. Vagabvndo, aqui não. VÍDEO…

O Congresso Nacional derrubou, nesta terça-feira (28/5), o veto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) ao trecho do projeto de lei nº 2.253, de 2022, conhecido como “Lei das Saidinhas”, que autoriza a saída dos detentos dos presídios para convívio familiar. A derrubada foi celebrada pela oposição do governo.

Lula seguiu o parecer do ministro da Justiça e Segurança Pública, Ricardo Lewandowski, que indicou que a saída temporária de presos para atividade de convívio social está presente na Lei de Execução Penal, que entrou em vigor em 1984, sancionada pelo último presidente da ditadura militar, João Batista Figueiredo.

O senador Sergio Moro (União Brasil-PR), ministro da Justiça na gestão de Jair Bolsonaro (PL), defendeu a derrubada do veto presidencial ao texto e destacou que o governo Lula cometeu um “grande erro” ao vetar a proposta.

“Os presos do semiaberto hoje saem quatro ou cinco vezes ao ano, nos feriados, muitos deles não voltam, o que traz uma série de dificuldades à polícia, que tem de ir buscá-los, comprometendo assim o trabalho normal de vigilância e proteção do cidadão”, argumentou o senador.

A deputada federal Erika Kokay (PT-DF) salientou que a proposta sancionada pelo governo petista não beneficia os criminosos presos por crimes hediondos, como estupro ou homicídio.

“Preso que matou, preso que estuprou, pelo projeto que foi sancionado por Luiz Inácio Lula da Silva, não terá direito a saidinha. Há uma confusão deliberada nessa sanha punitivista porque Lula sancionou 98% do que foi aprovado neste Congresso”, enfatizou a deputada petista.

Com a derrubada do veto, as saídas temporárias dos presos ficarão proibidas. No entanto, os detentos poderão deixar os presídios para estudar, pelo tempo necessário às aulas, mas são excluídos desse benefício aqueles condenados por crime hediondo ou com violência ou grave ameaça contra pessoa.

O texto aprovado na Câmara dos Deputados e no Senado Federal também altera as regras para progressão de pena. Agora, o preso que apresentar boa conduta carcerária pela soma do exame criminológico e comprovada pelo diretor da unidade por avaliação.

 

O Gerente da Farmácia Pague Menos de Coroatá, Marcos Santana Ramos Salazar, foi encontrado morto dentro do quarto de uma Quitinete na rua Senador Leite no centro de Coroatá.

O rapaz estava com os pés e mãos amarados e amordaçado, corpo apresentava marcas de espaçamento e ferimento de arma branca na Altura do pescoço.

A Polícia Militar e a Civil foram acionadas. As investigações já iniciaram, a princípio o crime está sendo investigado como latrocínio(roubo seguido de morte), o celular da vítima e pertences do quarto foram levados pelos criminosos.

Estamos acompanhando esse fato e a qualquer momento mais informações do caso..

Marcos Santana era bastante conhecido em Codó, e todo mundo gostava dele. Ele foi assinando dentro de sua residência na cidade de Coroatá, local em que ele estava trabalhando após ter sido transferido da Farmácia Pague Menos de Codó , para essa outra filial da Pague Menos em Coroatá.

Marcos morava em uma pequena quitinete, e estava sozinho em casa quando foi brutalmente assassinado.

Informação repassadas ao blog da Ramyria Santiago, ele estava com pés e mãos amarradas com fio e na sua boca tinha um pano dentro, provavelmente para que ele não pudesse gritar. No pescoço de Marcos tinha também um profundo corte que causou sua morte.

Não há ainda suspeitos, mais o crime pode ter sido latrocínio, roubo seguido de morte.

Mais informações em instantes em// www.ramyriasantiago.com.br

Blog da Ramyria Santiago..

Em uma série de reuniões importantes na capital maranhense, o prefeito de Codó, Dr. Zé Francisco, demonstrou empenho em fortalecer os laços entre o município e o governo federal, além de explorar novas oportunidades de desenvolvimento econômico para a região.

Na primeira reunião do dia, Dr. Zé Francisco se encontrou com a senadora Eliziane Gama para discutir as demandas do município de Codó. A senadora, conhecida por seu compromisso com o povo codoense, mostrou-se receptiva às questões apresentadas pelo prefeito e reafirmou sua disposição em ajudar a resolver os problemas da comunidade. “Sempre estarei ao lado do povo de Codó, trabalhando para garantir melhores condições e qualidade de vida para todos”, declarou Eliziane Gama.

Seguindo a agenda, o prefeito, acompanhado do secretário de governo Emanuel Coimbra, participou de outra reunião com representantes da empresa Eneva. Estiveram presentes a Dra. Regina França do Rosário, responsável pelas Relações Institucionais da Eneva no Nordeste, e Elcimar Belém, consultor tributário do município de Codó.

O encontro teve como objetivo estreitar a relação entre a Eneva e o município de Codó. A empresa, que possui um poço de gás na região da Raposa do Zeca Farias, está em fase de estudo e ainda não iniciou a operação. Durante a reunião, foram apresentados projetos e discutidas possíveis parcerias que podem beneficiar a população.

“Iniciar uma tratativa de parceria é essencial para o desenvolvimento de nossa região. Queremos garantir que, uma vez operacional, o poço de gás traga benefícios tanto econômicos quanto sociais para Codó”, destacou Dr. Zé Francisco.

No dia 26 de março deste ano , no prédio da Câmara Municipal, representantes da Prefeitura de Timbiras , liderada pelo prefeito Antônio Borba, propôs e assinou com o sindicato dos profissionais da educação (SINPROESEMMA), documento de acordo para por fim a mais de 6 anos de embate entre prefeito e professores no tocante ao reajuste/retroativo do ano de 2018, causa vencida pela categoria em duas instâncias judicias.

Pois bem, para a surpresa e decepção dos professores de Timbiras , a prefeitura vem sinalizando que não cumprirá em sua totalidade o acordo que ela propôs e assinou diante da categoria.

O clima é de revolta entre profissionais da educação, tendo em vista que os mesmos acreditam na palavra do prefeito que parece ter voltado atrás, sinalizando em não cumprir o acordado.

Documento//

RADIO MIRANTE 870 AM


Ramyria Santiago

Publicidade

Publicidade

Visite-nos e compre no Paraíba!

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

FC OLIVEIRA

Publicidade
Visitas Online!
Arquivos