Blog da Ramyria Santiago -

FESTA DAS CRIANÇAS EM CODÓ MOSTRA TOTAL DESORGANIZAÇÃO. Mães com crianças chegaram 15:30 pra receber presentes e até este horário o prefeito nunca apareceu por lá. Até o palco está no escuro. Veja vídeos

Primeiro momento quando o blog da Ramyria chegou no local por volta das 16:00 hs. Nada se viu por lá.

Vídeo de agora a pouco, por voltas das 19:00 e nada de brinquedo, e o prefeito nunca tinha pisado os pés por lá. A primeira dama também se mandou. No palco nem um palhaço tinha, que dirá uma banda animada, até no escuro estava. Penas uma musica tocava  e as crianças de cara pra cima, sem Saber o que fazer e sem entretenimento. VÍDEO

EM CODÓ SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO RAQUEL PAULA VAI GASTAR R$ 7 MILHÕES  EM 3 MESES COM EMPRESA INVESTIGADA PELA POLÍCIA FEDERAL. A EMPRESA COSTUMA DAR MUITOS GOLPES E TODOS SABEM.

O Blog da Ramyria Santiago recebeu  documentos, explicando que a secretária de educação de Codó, Raquel Viera Paula Ferreira, contratou uma empresa por meio de Ata de Registro de Preço, por valores exorbitantes, para fazer execução de serviços de manutenção preventiva e corretiva, reforma ou adequações de prédios e logradouros públicos por exatos: R$ 7.240,913, 03 (SETE MILHÕES, DUZENTOS E QUARENTA MIL, NOVECENTOS E TREZE REAIS E TRÊS CENTAVOS). A empresa já é investigada pela Polícia Federal por dar golpes em várias prefeituras do Maranhão.

Perdendo a noção e sem respeitar os trâmites legais, e fazendo ouvido de mercador para o Ministério público, o prefeito de Codó José Francisco e a secretária de educação pretendem gastar esse valor todo em apenas três meses. Isso mesmo. Zé Francisco quer gastar em apenas TRÊS MESES todo esse valor. De acordo com o CNPJ da empresa, a mesma fica localizada na Av. Principal, quadra 0001, Raposa-MA.

ENTENDA QUEM É A  EMPRESA INVESTIGADA CONTRATADA PELO PREFEITO DE CODÓ E A SECRETÁRIA RAQUEL PAULA.

A referida empresa já responde a vários processos na justiça por dar golpes em várias prefeituras do Maranhão, dentre elas, a prefeitura de Anapurus, onde a prefeita Vanderly Monteles também terá que explicar ao TCE sobre o uso de dinheiro público para pagamentos com serviços fantasmas com a GPA CONSTRUÇÕES E SERVIÇOS.

E TEM MAIS PREFEITURAS ENROLADAS COM A EMPRESA.

Já na prefeitura de Axixá, a PF está na cola da prefeita e também dos empresários da empresa Glabson de Jesus e Paulo Henrique, que já são investigados e tem um inquérito que mostra uso irregular de precatórios do Fundef junto à prefeitura. No município do Godofredo Viana os referidos empresários também estão sendo investigados. Em Maracaçumé a polícia também está na cola do prefeito e da empresa. Em Chapadinha a GPA também já foi denunciada, assim como em Pinheiro.

A Prefeitura de Codó, fingindo que o MP não tem visto nada, o prefeito de Codó faz de conta que essas licitações duvidosas não estão sendo vistas pelas autoridades. 

POPULAÇÃO RECLAMA QUE AS RUAS DE CODÓ ESTÃO EM TOTAL ESCURIDÃO. MAIS O PREFEITO ZÉ JÁ RECEBEU MAIS DE 2 MILHÕES DE REAIS DE TAXA DE ILUMINAÇÃO PÚBLICA, E INVESTIU A ONDE?? NINGUÉM SABE??

Sobre a iluminação pública, até 14/10/2021 foram arrecadados R$ 2.166.245,41 pela Prefeitura de Codó.

Não falta dinheiro, falta competência.

Equatorial já repassou desde o mês de janeiro até outubro dia 14, ( dois milhões, cento e sessenta e seis mil, duzentos e quarenta e cinco reais e quarenta e um centavos. Esse dinheiro caiu nos cofres da prefeitura de CODÓ referente a sua taxa de iluminação pública. O problema é que as ruas todas estão em escuridão total, mais o dinheiro tem e veio. O que estão fazendo com o dinheiro do povo.

Olha a situação da Rua Roma, no residencial São Pedro.

Mais outra rua do residencial São Pedro

 

 

PREFEITURA DE CODÓ COMPRA VEÍCULO ESPORTIVO DE MAIS DE 100 MIL REAIS A MANDO DA SECRETÁRIA DE SAÚDE THAYNARA LIMA COM RECURSOS DA SAÚDE. THAYNARA TEVE AJUDA DA IRMÃ MARIANA E DE ANDRESSA.

A secretária de saúde Thaynara Lima, juntamente com o prefeito Zé Francisco resolveram comprar um carro luxuoso com recursos da saúde, argumentando que o veículo esportivo SUV seria usado na saúde. O que a cidade de Codó sabe é que mais uma vez ficaram para traz, este veículo será apenas para o gozo dos familiares do prefeito de Codó, comprado com o dinheiro do povo, dinheiro da saúde.

 A licitação será realizada no dia 26 de outubro. O carro foi escolhido pela secretária de saúde Thaynara Lima, além de uma irmã que ajudou na escolha.

VEICULO TIPO VEÍCULO UTILITÁRIO ESPORTIVO – SUV. DESTINADOS A SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE DO MUNICÍPIO.

VALOR ESTIMADO

R$ 101.205,56 (cento e um mil e duzentos e cinco reais e cinquenta e seis centavos)

FONTE RECURSO FUNDO MUNICIPAL DE SAÚDE.

No hospital HGM não tem nem dipirona, mais um veículo esportivo SUV luxuoso foi comprado, compra essa de fachada para enganar o povo Codoense. Lembrando, que os funcionários estão com salários atrasados, funcionários de diversos setores , a saúde está um Caos e o hospital HGM não tem nada.

Mais pode-se Comprar um veículo esportivo SUV luxuoso de mais de 100 mil.

 

 

 

MORADOR DIZ QUE RESIDENCIAL SÃO PEDRO FOI ABANDONADO PELO PREFEITO DE CODÓ. NÃO TEM ÁGUA HÁ SEMANAS NAS TORNEIRAS, AS RUA EM ESCURIDÃO TOTAL E O LIXO JÁ TOMA CONTA DAS VIAS.

A principal denuncia do morador do residencial São Pedro é a falta de água. Ele disse que não tem água há uma semana. Os moradores foram no SAAE, mais o Saae disse que só resolve se for muitas pessoas ao local. O Saae precisa de um manifesto em frente ao local para resolver o problema de todos os moradores do residencial, Veja se pode uma coisa dessa de uma autarquia. O whatsapp do Saae nem funciona para a população de Codó. Veja todo o vídeo da fala do morador

Veja vídeo do morador.

Vídeo mostra a escuridão da Rua a noite.

DIRETOR DO HGM DE CODÓ USA REDES SOCIAIS PARA DENEGRIR BLOG DA RAMYRIA SANTIAGO E DIZER QUE É FAKE. MAIS OS MÉDICOS DO HGM AFIRMARAM QUE IRÃO ENVIAR VÍDEOS E FOTOS PARA DESMASCARAR O DIRETOR E PEDEM SIGILO TOTAL. NÃO VAMOS PARAR.

Emílio Matos, diretor do hospital HGM de Codó, usou suas redes sociais para tentar DENEGRIR e menosprezar nosso trabalho como jornalista na cidade de Codó. Ele usou sua rede para dizer que nossas notas são fake news, uma forma de tentar abafar as ações que acontece dentro do hospital e os próprios funcionários estão denunciando.

Na matéria do desabafo o próprio médico, nos alerta que o diretor iria dizer que tudo não passava de Fake news, mais tudo é verdade, sempre foi, nosso hospital está um Caos.  Disse o médico.

Após a nota lançada de Emílio Matos em sua rede social, a nossa fonte entrou em contato e disse que agora irá mandar vídeos e fotos como forma aínda maior de provas. Emílio não tem argumentos e não sabe administrar e como forma de tentar menosprezar quem denuncia, eles lançam em suas REDES notas fake. É bom lembrar que o Blog da Ramyria Santiago lança notas com base em provas, e que o Blog da Ramyria Santiago não vai parar. Esse é apenas o começo de muitas denuncias que estão chegando a mim e todas elas serão publicadas, queira o governo achei bom ou ruim. Estamos a serviço do povo e nunca vamos parar de publicar a verdade. Mais denuncias contra o hospital HGM será publicada está semana. Aguardem!!! 

Minha conversa com o médico que desabafou aqui no blog. Conversamos nesta manhã novamente e muito mais vem por aí.

Desabafo do médico.

Minha Amiga, as coisas aqui andam Piorando a Cada Dia , Diretores perseguindo Até Pacientes , é muito triste vê que tem pessoas com força de Vontade de Ajudar os outros , Resolvi Desabafar no Seu Blog por que depois Que você Divulga melhora as coisas , Ramyria, a farmácia do Hgm Não quer ajudar os Pacientes , o Emílio Matos Diretor Geral não sabe de nada de Saúde o Filho é Diretor Clínico é só quer ser o que não é , Sinceramente Amiga , aqui é um Desabafo de Um profissional da Saúde que não aguenta Mais ver tanta Humilhação com Funcionários e Pacientes , pacientes que as Vezes vem em busca de uma Medicação que tem mais eles não querem Liberar , no pronto Socorro os Médicos Até tenta fazer alguma coisa mas são barrados até mesmo de Encaminhar um paciente pra UTI , O Farmacêutico Adriano desconfia de Tudo , ele quer mandar na Medicação que é do Povo , Demitiram vários enfermeiros e técnico renomados , o Emílio Matos chegou a Dizer que se ele Tomar uma Atitude e o prefeito Desfazer a Atitude que ele fez , ele prefere Entregar o Cargo .

Eu Acharia que ele tem que Entregar o Cargo mesmo pois ele não sabe o que Administrar um Hospital, Pessoas como várias aqui só atrapalham o Governo , inclusive esse Coordenadora de Enfermagem Neidina , essa mulher é um Câncer aqui Dentro , Adriano Farmacêutico, Dentre outros só serve para ganhar Dinheiro, o Emílio Júnior trabalha em todo lugar , Hgm , SAMU , PSF todo lugar , Thaynara Secretária de Saúde Encheu das Amigas dela de Teresina , Tiram os Codoense e botam pessoa de fora , Como o Caso da Enfermeira Ava , até da Upa saiu para ganhar dinheiro dos Codoense , Tudo que Relatou aqui é verdade , não se importe se depois eles aparecerem dizendo que isso aqui é Fake News por conta do Emílio diretor Geral não aceitar a Verdade !

Mais uma vez Obrigado pela Sua Atenção e Divulgação do nosso Sofrimento e Humilhação!

QUAL O ENVOLVIMENTO DA CLÍNICA RAD IMAGEM DE CODÓ COM CONTRATOS IRREGULARES. O MINISTÉRIO PÚBLICO APURA AS SUPOSTA IRREGULARIDADES

Rad Imagem, que fica em Codó, e Biocentro, sediada em Presidente Dutra, foram contratadas por mais de R$ 660 mil pela gestão do pedetista em Poção de Pedras

O Ministério Público do Maranhão investiga a suspeita de irregularidades em um contrato celebrado pela gestão do ex-prefeito de Poção de Pedras, Júnior Cascaria (PDT), com pelo menos duas clínicas para prestação de serviços na área de saúde ao município.

Os contratos foram celebrados no ano passado, ao custo de mais de R$ 660 mil aos cofres públicos. As contratadas são a Clínica de Imagenologia Codó Ltda, a Rad Imagem, que fica em Codó, e a Biocentro Ltda, sediada em Presidente Dutra.

Pelo montante, as contratadas se credenciaram para prestação de serviços de tomografia, mamografia, ressonância, raio-x, ultrassonografia em geral, endoscopia, ecocardiograma, eletroencefalograma e teste ergométrico.

Além das clínicas funcionarem em outras cidades, segundo a promotora Maria Carneiro de Oliveira, não há qualquer informação sobre como ocorreria o transporte de pacientes de Poção de Pedras até as localidades onde funcionam as empresas nem quais as medidas adotadas pela administração municipal, então sob Cascaria, a respeito da questão.

Ambos estão sendo investigados pelo ministério público.